HDES. PSD/Açores lamenta “ânsia alarmista” do PS e apela à serenidade

Ponta Delgada, 14 Novembro 2023 ©Hugo Moreira

O líder parlamentar do PSD/Açores, João Bruto da Costa, lamentou hoje a “ânsia alarmista” do PS na sequência do incêndio no Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), tendo apelado à “serenidade” dos socialistas face ao “sentido de responsabilidade” que o momento atual exige.

“O grande desafio que o Serviço Regional de Saúde está a enfrentar exige sentido de responsabilidade de todos. Lamentavelmente, os deputados do PS/Açores mais não têm feito do que tentar sobressaltar a população, alimentar rumores e exigir que tudo se resolva de um dia para o outro, numa ânsia alarmista imprópria atendendo à gravidade do momento”, afirmou.

Segundo o social-democrata, “é muito preocupante que o Partido Socialista tenha insinuado que haverá perturbações na normal atividade dos outros hospitais e unidades de saúde da Região, o que é absolutamente falso e pode criar alarme social sem qualquer fundamento”.

“As únicas coisas que verdadeiramente perturbam o bom funcionamento do Serviço Regional de Saúde são os pedidos em catadupa feitos pelo PS para reuniões com as administrações dos hospitais, nomeadamente do HDES, e unidades de saúde, quando a prioridade destas é atender às necessidades dos utentes e à urgência das resoluções”, sublinhou.

Para João Bruto Costa, o PSD/Açores “tem consciência do enorme encargo que o Governo da Coligação herdou e do muito ainda por fazer para ter o Serviço Regional de Saúde que se deseja, devendo também este ser mais um motivo de reflexão para o PS e menos para protagonismos”.

O líder parlamentar do PSD/Açores fez, por isso, um “apelo à serenidade dos deputados do PS/Açores, aos quais se exige que comecem a agir com o sentido de responsabilidade que o atual momento impõe”.

“Estar sem liderança não implica agir sem responsabilidade. Exortamos o PS/Açores a refrear a sua ânsia alarmista”, defendeu.

O presidente da bancada social-democrata salientou que “o Governo dos Açores, através da Secretária Regional da Saúde e Segurança Social, tem prestado toda a informação aos cidadãos na sequência do incêndio no HDES, numa atitude de absoluta transparência que se saúda, trabalhando ativamente na procura de soluções que a situação de emergência exige”.