Turismo. Evolução favorável em fevereiro desmente “pessimismo constante” do PS/Açores

O deputado do PSD/Açores Rúben Cabral afirmou hoje que a evolução favorável do setor turístico da região no mês de fevereiro “reflete o bom trabalho do Governo da Coligação, como se vê pelo número de dormidas, que aumentou 11,1%, comparativamente ao ano anterior, desmentindo o pessimismo constante do PS/Açores”.

“São públicas as notícias de que o número de dormidas da região aumentou 11,1% no mês de fevereiro, face a 2023, segundo o Indicador do Turismo anunciado pelo Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), assim como a operação da Electra Airways nos Açores está a ser um sucesso”, referiu o social-democrata.

Segundo Rúben Cabral, “o PS/Açores parece não ter percebido ainda que existem outras maneiras de governar, repetindo reações avulsas e sistemáticas acusações de inação, que apenas propagam esse mesmo pessimismo constante, que em nada beneficia os Açores”,.

“O aumento do número de dormidas mostra que a gestão concertada do Turismo dos Açores, por parte deste Governo Regional, é o caminho a prosseguir”, refere.

“E a operação da Electra Airways nos Açores acontece na época baixa, em três ilhas da região, e num mercado emissor diversificado, que é referência no que à sustentabilidade em Turismo diz respeito, tendo níveis de procura positivos, que auguram mesmo a sua repetição, pelo menos com os mesmos contornos, em 2025”, explica Rúben Cabral.

“Trata-se de uma operação que integra um conjunto de dinâmicas que visam o combate à sazonalidade do destino Açores, e uma clara diversificação de mercados emissores”, pelo que “é estranho ver o PS/Açores dizer que o Turismo dos Açores está a regredir, quando são divulgadas estas duas ótimas notícias, que são amplamente positivas e contradizem o pessimismo constante da oposição”, afirma o parlamentar.

“Tem sido muito difícil para o PS/Açores constatar a realidade de que o Governo presidido por José Manuel Bolieiro age com base em planos que visam a criação de soluções integradas e consistentes para o futuro do Turismo dos Açores”, acrescenta Rúben Cabral.

“Os açorianos não se reveem no pessimismo constante do Partido Socialista, que teima em falar mal de tudo e de todos. Além de não conseguir iludir os açorianos, o PS desrespeita, ostensivamente, todos aqueles que no dia-a-dia fazem do Turismo um caso de crescente sucesso na economia dos Açores”, considera.

“Para quem não sabe aonde vai, qualquer caminho serve, e como o PS/Açores já não engana os açorianos, só pode estar a enganar-se a si próprio, prestando um mau serviço, e uma clara desinformação aos açorianos, sobre a realidade de um setor tão importante para a nossa região, como é o Turismo”, conclui Rúben Cabral.