Paulo do Nascimento Cabral estará sempre ao serviço dos Açores e dos açorianos

O candidato da AD – Aliança Democrática ao Parlamento Europeu das eleições de 9 de junho, Paulo do Nascimento Cabral, manifestou-se hoje disponível para “tudo o que a Região entender”.

Paulo do Nascimento Cabral reuniu ao final da tarde com a Comissão Especializada Temporária para Acompanhamento do Plano de Recuperação e Resiliência-Açores, numa última ação de campanha.

“Acabamos de saber que fomos a única candidatura que se preocupou em ouvir as principais dificuldades e potencialidades da aplicação do Plano de Recuperação e Resiliência na Região, numa fase em que tanto se fala dos fundos europeus, o que significa que estamos a ir aos pontos certos”, afirmou aos jornalistas à margem do encontro.

“O PRR tem tido as suas dificuldades, as suas limitações, mas mesmo com baixas execuções em algumas das suas áreas, Portugal como um todo, tem estado no ‘top’ dos Estados-Membros que mais têm executado as verbas”, indicou.

“Portanto, é um problema europeu, não é só nacional e regional, que urge mitigar na próxima arquitetura das instituições europeias depois das eleições de domingo”, prosseguiu.

Acompanhado do Presidente fundador do PSD/Açores, João Bosco Mota Amaral, Paulo do Nascimento Cabral agradeceu a presença daquele que foi “o pai do conceito da ultraperiferia na União Europeia e hoje é central na defesa das nossas especificidades. E eu agradeço-lhe isto. Devemos estar todos gratos ao Dr. Mota Amaral”.