Praia da Vitória. PSD valoriza postura sensata do Governo sobre o Terceira Tech Island

Hand working with a Cloud Computing diagram, new technology concept

O PSD/Praia da Vitória valorizou hoje a “sensatez” demonstrada pelo Governo Regional face ao processo do Terceira Tech Island (TTI), sendo que o executivo “já afirmou a sua intenção clara de continuar a investir naquele tipo de oferta formativa”.

Os social-democratas locais, liderados por César Toste, lamentam, por outro lado, “a postura promotora da desinformação assumida pelo Partido Socialista, que nunca teve um caminho estratégico para o TTI, e que agora se limita a debitar inverdades sobre o trabalho que está a ser desenvolvido face ao futuro do projeto”.

E lembram que o final do “Vale Programação”, criado em 2020 por Resolução do Conselho de Governo, teve a ver “com o elevado número de formandos durante os últimos dois anos, com os mesmos conteúdos, e foi dado a conhecer a 14 de abril de 2021, tendo sido modificado o seu regulamento, e passando a terminar a 31 de dezembro”, explicam.

“Esta decisão foi pública e do conhecimento da empresa que realizava a formação”, diz também o PSD local, reforçando que o “Vale Programação” visava criar conhecimentos específico, atrair empresas e potenciais investidores nas tecnologias de informação e comunicação, para desenvolver projetos naquele domínio, contratando recursos humanos com competências em linguagens de programação, “mas num número que a oferta local atualmente disponível já ultrapassa”, acrescentam.

“Em 2020 e 2021 foram formados 119 alunos, numa despesa superior a 700 mil euros. Cada um dos alunos usufruiu de uma bolsa individual de 6 mil euros”, recordam.

Assim, realçam os social-democratas, “a decisão do governo está também a proteger o mercado de trabalho de ser inundado por formandos que podem não ser absorvidos na sua área de trabalho”, cumprindo os objetivos “de avaliar continuamente as políticas de formação, potenciando a sua diversificação”.

O PSD praiense enaltece a postura do Governo Regional, “que já afirmou a sua intenção de continuar a investir na formação no TTI, desde que a mesma seja ajustada às reais necessidades do mercado de trabalho, e que possa corresponder aos objetivos estratégicos para aquele investimento”, dizem.

Os social-democratas incentivam o Governo Regional “a promover o TTI, em estreita colaboração com a Câmara Municipal da Praia da Vitória, para que mais empresas se instalem no projeto, dentro dos moldes razoáveis e que se enquadrem no âmbito decidido para o mesmo”, concluem.