Assembleia da República aprova proposta de Paulo Moniz para ouvir direção da RTP/Açores

A Comissão de Cultura e Comunicação da Assembleia da República aprovou, por unanimidade, a proposta do deputado do PSD/Açores Paulo Moniz para a audição da direção da RTP/Açores, de modo a esclarecer os “condicionalismos” que enfrenta o centro regional da rádio e televisão públicas.

“As respostas pelo presidente do conselho de administração da RTP, na audição do passado dia 12 de outubro, foram muito pouco esclarecedoras relativamente aos condicionalismos que enfrenta a RTP/Açores, condicionalismos que, para o PSD, dificultam o funcionamento daquela estação, colocando em causa o cumprimento de um verdadeiro serviço público na Região Autónoma dos Açores”, afirmou o social-democrata, no requerimento em que solicitou a audição.

Segundo Paulo Moniz, “as especificidades dos Açores enquanto arquipélago, exigem que a RTP/Açores possua um conjunto de meios humanos e financeiros, designadamente uma presença jornalística em cada uma das ilhas que compõem o arquipélago com condições adequadas, quer remuneratórias quer de proteção profissional, no sentido de assegurarem a sua missão de informação, que em certas circunstâncias se torna vital para a proteção das populações insulares”.

“O grupo parlamentar do PSD requereu, por isso, a audição da direção da RTP/Açores, a fim de dar respostas cabais tendentes à compreensão detalhada e concreta do modelo de funcionamento do centro regional dos Açores da RTP”, explicou.

De acordo com Paulo Moniz, “a auscultação de quem de mais perto e melhor conhece o serviço público de rádio e televisão na Região pode ajudar a encontrar as soluções adequadas, de modo que a RTP/Açores cumpra efetivamente e globalmente a sua indispensável missão de serviço público”.