Bolieiro lembra que PSD fez campanha de convicções sem deturpar carácter dos adversários

O presidente do PSD/Açores, José Manuel Bolieiro, destacou que o partido fez uma campanha eleitoral para as autárquicas em defesa das suas “convicções e princípios”, sem nunca deturpar o bom nome e o carácter dos adversários.

“Não entendo aqueles que queiram fazer das eleições autárquicas um combate a quem quer que seja. O nosso objetivo é cooperar. O projeto político que agora governa os Açores quer ver no poder local um parceiro de cooperação. Podemos – Governo e autarquias – fazer, em sinergia, mais com menos. De costas voltadas faremos menos, mesmo que tenhamos muito. Não é assim que se desenvolvem as nossas freguesias e municípios”, afirmou José Manuel Bolieiro, no final da campanha para as eleições de 26 de setembro.

O líder social-democrata, que falava durante um comício junto às Portas da Cidade de Ponta Delgada, salientou que o PSD/Açores “não fez campanha contra ninguém”.

“Não fizemos campanha contra alguém. Não deturpamos o bom nome, nem o prestígio, nem o carácter de ninguém. Lutamos na defesa das nossas convicções, dos nossos princípios e da nossa competência, para podermos servir bem o nosso povo”, sublinhou.

O presidente do PSD/Açores acrescentou que a coligação que compõe o Governo Regional “aceitará a legitimidade democrática de cada autarca para cooperar e desenvolver os seus territórios”.

O evento contou com a presença do líder nacional do PSD, Rui Rio, que concluiu a sua participação na campanha eleitoral nos Açores, e do candidato do PSD/Açores a presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro Nascimento Cabral.