Ribeira Grande. PSD confiante no trabalho das autarquias locais contra a pandemia

A Comissão Política Concelhia do PSD da Ribeira Grande enalteceu hoje todo o esforço que, desde março de 2020, tem vindo a ser desenvolvido quer pela Câmara Municipal, quer pelas Juntas de Freguesia, bem como demais instituições de apoio social, forças de segurança, bombeiros e serviços de saúde no combate à pandemia da Covid-19.

Numa altura em que os Açores se encontram novamente a braços com um recrudescimento da pandemia, nomeadamente na ilha de São Miguel, a estrutura liderada por Jaime Vieira sublinha que o município da Ribeira Grande adotou, desde a primeira hora e de forma pioneira, medidas de combate e quebra dos efeitos da Covid-19 na população, empresas e instituições do concelho.

“Isso aconteceu através de diversas isenções e reduções de taxas, rendas e serviços municipais, com o apoio à população mais vulnerável a ser feito em articulação com as IPSS e os Bombeiros Voluntários, para além das alterações ao Regulamento do Fundo de Emergência Social, que ficou mais abrangente e acessível, entre outros apoios que já foram prolongados para vigorar até, pelo menos, ao final de junho”, explicam os social democratas.

Destacam igualmente que, por iniciativa da Câmara Municipal, foram distribuídos pelos alunos das Escolas Básicas do Concelho 125 computadores portáteis e 50 equipamentos de internet móvel, “de acordo com os respetivos órgãos de gestão, para que ninguém ficasse de fora do ensino à distância”, sublinham.

Em parceria com a Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, a Câmara da Ribeira Grande lançou as campanhas “Venha jantar à Ribeira Grande” e no natal “Comprar é Ganhar”, como forma “de dinamizar e apoiar o setor da restauração e comércio, e implementou o programa Selo COVID Free, procurando criar confiança das pessoas não só no setor turístico, mas no comércio em geral, destaca também a concelhia.

A aquisição de equipamentos de proteção individual e a testagem aos funcionários camarários, através de testes rápidos adquiridos pelo município, foi outra medida na luta para o controlo da pandemia.

Mais recentemente, “a autarquia estabeleceu protocolos com a Santa Casa da Misericórdia e o núcleo local da Cáritas, cujos montantes se destinam essencialmente à distribuição de bens de primeira necessidade por famílias carenciadas ou que, cumulativamente, se encontrem em situação de isolamento profilático ou preventivo”, adianta o PSD da Ribeira Grande.

Finalmente, o Programa Municipal de Relançamento da Economia e do Investimento, “acaba de atribuir 80 mil euros a fundo perdido às empresas cuja candidatura foi aprovada”, acrescentam.

A concelhia social democrata da Ribeira Grande alerta para “o momento delicado por que passam a Região e o concelho”, com PSD local “a apoiar e a confiar no papel fundamental desempenhado pela Câmara Municipal e Juntas de Freguesia, apoiadas pelo Governo Regional”.

“O momento não é de guerrilhas políticas, mas de união e de colaboração, sem demagogias, e com propostas que façam sentido e sejam exequíveis técnica e financeiramente”.

“É responsabilidade dos agentes políticos zelar pela saúde e bem-estar das nossas populações, empresas e instituições”, conclui o PSD ribeiragrandense.