Lagoa. Bolieiro propõe instalação de serviços públicos nos terrenos da antiga Fábrica do Álcool

O candidato do PSD/Açores a Presidente do Governo afirmou que é seu compromisso a instalação de serviços públicos nos terrenos da antiga Fábrica do Álcool da Lagoa em cooperação com o município, contribuindo assim para uma “nova centralidade” desta cidade micaelense.

“A antiga fábrica deve ser aproveitada não só para a preservação da memória histórica do local, com caráter museológico, mas sobretudo para uma nova centralidade com a instalação de serviços administrativos públicos, não só da administração regional e do município da Lagoa, mas também de serviços periféricos do Estado”, disse José Manuel Bolieiro, em declarações aos jornalistas.

Segundo o líder social-democrata, “um futuro Governo do PSD vai assegurar uma cooperação com a Câmara Municipal na reordenação deste local, valorizando-o e conferindo uma nova centralidade citadina para a Lagoa”.

“A cidade da Lagoa precisa de um espaço para crescer no futuro e encontrar-se com o mar. Defendemos que deve ser aproveitada para esse efeito a antiga Fábrica do Álcool da Lagoa”, considerou.

José Manuel Bolieiro salientou que as instalações da antiga fábrica possuem “projeção para futuro” num reordenamento urbanístico e administrativo do local, permitindo “virar a cidade da Lagoa para o mar”.

O candidato social-democrata acrescentou que o município da Lagoa “soube marcar posição” perante o Governo Regional e empresa pública SINAGA, que pretendiam vender as instalações da antiga fábrica a privados.