Bolieiro quer explicações sobre comunicação da Autoridade Tributária aos eleitores

O candidato do PSD/Açores a Presidente do Governo anunciou que vai pedir explicações à Comissão Nacional de Eleições (CNE) sobre uma mensagem, com a assinatura do Governo Regional, enviada pela Autoridade Tributária (AT) aos eleitores açorianos.

“Isto não é razoável. As pessoas contam receber da AT mensagens ligadas ao sigilo fiscal, numa comunicação direta com os contribuintes e não com os eleitores. A relação com o eleitor está a cargo da CNE e assim é que deveria ser e prevalecer”, afirmou José Manuel Bolieiro, em declarações aos jornalistas na Madalena, ilha do Pico.

Em causa está uma mensagem enviada quinta-feira, por email, pela AT aos contribuintes açorianos sobre o voto em mobilidade, assinada pelo Governo Regional e com o slogan ‘O futuro dos Açores está nas suas mãos’.

Para José Manuel Bolieiro, esta “não é uma situação normal e não se pode transformar o que é anormal em normalidade democrática”.

“Vamos pedir explicações e uma averiguação à CNE. Também vamos comunicar esta situação ao senhor Presidente da República, que é quem zela pelo normal e regular funcionamento das instituições”, revelou.

O candidato social-democrata admitiu ainda a “possibilidade de, por via parlamentar na Assembleia da República, ouvir os esclarecimentos que se mostrarem convenientes”.

“O que queremos é que haja garantias de imparcialidade e, sobretudo, de normalidade neste processo eleitoral.