Faial. PSD enaltece trabalho das Instituições Particulares de Solidariedade Social

Os candidatos do PSD/Açores pela ilha do Faial às eleições legislativas regionais enalteceram o trabalho desenvolvido pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), “que desempenham um papel insubstituível na nossa sociedade”, afirmaram.

Os social democratas reuniram com a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial (APADIF), no sentido de auscultar os problemas, preocupações e projetos daquela Associação.

Na ocasião, Carlos Ferreira, cabeça de lista do PSD/Açores pelo Faial, considerou que as IPSS “promovem condições para o desenvolvimento das capacidades e para a qualidade de vida dos cidadãos mais vulneráveis. Necessitam, por isso, de apoio para continuar a assegurar esse trabalho”, afirmou.

A APADIF conta com 45 colaboradores e 233 utentes, em valências tão relevantes como o ATL Esperança, com resposta para crianças e jovens com necessidades especiais, o ATL Arco Íris, o Projeto Moviment’Arte, o Centro de Dia na freguesia da Conceição e o Centro de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil.

“Trata-se de uma associação que desenvolve a sua ação em valências extremamente importantes e dirigidas a cidadãos que precisam de respostas cada vez mais qualificadas”, enalteceu o social democrata.

Carlos Ferreira concluiu, destacando que “a APADIF desenvolve uma missão de extrema importância na ilha do Faial, em áreas tão sensíveis como o apoio à deficiência e inclusão social, centro de dia (idosos), infância e jovens em risco”.