Bolieiro garante “reforço de meios” para as IPSS dos Açores

O candidato do PSD/Açores a Presidente do Governo comprometeu-se a garantir o “reforço de meios” das instituições particulares de solidariedade social (IPSS), através da criação de um regime de financiamento com “transparência e equidade de tratamento”.

“As IPSS dos Açores podem contar com um governo do PSD para que haja uma parceria financeira com as instituições, através de um regime de transparência, equidade de tratamento e reforço de meios”, afirmou José Manuel Bolieiro, em declarações aos jornalistas.

O líder social-democrata, que falava após uma reunião com a Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, salientou que as IPSS prestam um revelante trabalho de apoio social, “devendo a Região, através do seu Orçamento, dar garantias de sustentabilidade a estas instituições”.

“É dever do Governo a partilha do Orçamento Regional com as IPSS, que se substituem muitas vezes à Região e ao Estado na política de solidariedade social para com as populações”, sublinhou.

José Manuel Bolieiro assegurou também que é seu compromisso a “equiparação de remunerações” entre os funcionários das IPSS e os que executam as mesmas funções na administração pública regional.

“É preciso ter um critério de equidade para com os profissionais das IPSS, pois prestam também um serviço público e estão pior remunerados que os seus colegas da administração pública. Para trabalho igual, salário igual”, defendeu.

Para o líder social-democrata, “é preciso corrigir esta injustiça, que tem prevalecido ao longo dos anos por inação governativa”.

O presidente do PSD/Açores felicitou ainda a Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande pelo trabalho de apoio social desenvolvido no concelho, tendo destacado a “resiliência e bom desempenho da instituição ao longo dos anos, numa prestação social que não pode ser dispensável”.