COVID-19. Bolieiro propõe prémio de desempenho para profissionais de Saúde dos Açores

O presidente do PSD/Açores propôs a atribuição de um prémio de desempenho para profissionais de Saúde da Região envolvidos no combate à pandemia da COVID-19, lembrando que medida idêntica já foi aprovada no continente.

“A Assembleia da República aprovou um prémio de desempenho para os profissionais que, no continente, se dedicaram ao combate à COVID-19. Os profissionais de Saúde dos Açores não podem ser tratados de forma desigual quando a dedicação e o esforço foram iguais. Proponho que este prémio de desempenho seja estendido ao Serviço Regional de Saúde”, afirmou José Manuel Bolieiro.

O líder social-democrata, que falava no final de uma reunião com a administração da Unidade de Saúde da ilha Graciosa, salientou que “esta é a altura própria para fazer justiça aos profissionais de Saúde”, alegando que a discussão do Orçamento Suplementar da Região é o momento indicado para implementar a atribuição do referido prémio de desempenho.

“O PSD sempre defendeu a necessidade de haver um Orçamento Suplementar regional para o reforço do meios financeiros para o setor da Saúde. Esta é a altura própria para o reconhecimento do trabalho dos profissionais de Saúde, através da concessão de um prémio pelo seu desempenho”, disse.

Recorde-se que a Assembleia da República acaba de aprovar uma proposta que cria um prémio de desempenho aos profissionais do Serviço Nacional de Saúde envolvidos no combate à pandemia, cujo valor corresponde a metade do salário base mensal.

José Manuel Bolieiro destacou o “esforço redobrado” de todos os profissionais de Saúde da Região no combate à pandemia da COVID-19, tendo expressado a sua “gratidão” pelo trabalho que estes desenvolveram.

“Quero saudar todos os profissionais de Saúde dos Açores pelo competente trabalho e desempenho que assumiram, com especial grau de dificuldade, neste período de pandemia”, frisou.

No final de três dias de visita à Graciosa, o líder social-democrata e candidato a Presidente do Governo assegurou ser seu compromisso dar uma “especial atenção aos cuidados de Saúde prestados nas ilhas sem hospital”.

“Uma das prioridades do PSD nesta matéria é a deslocação de médicos especialistas às ilhas sem hospital. É mais respeitador dos direitos das pessoas deslocar os médicos as estas ilhas em vez de deslocar os utentes”, considerou.

O presidente do PSD/Açores defendeu ainda a necessidade de serem reforçados os meios auxiliares de diagnóstico nos centros de saúde das ilhas sem hospital, de modo a garantir a “eficácia” do trabalho dos médicos especialistas.

“No caso concreto da Unidade de Saúde da Graciosa, destaco a importância de ser adquirido um ecógrafo com sonda cardíaca, que pode ajudar muito à suficiência e eficácia dos atos médicos da respetiva especialidade”, afirmou José Manuel Bolieiro.