CTT. António Ventura dá voz às queixas dos açorianos sobre os atrasos da empresa

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República, António Ventura, deu hoje voz às queixas de muitos cidadãos do arquipélago relativamente aos atrasos dos Correios de Portugal, S.A (CTT) na receção e envio de mercadorias para a Região.

O social democrata quis saber se o governo tem conhecimento “dessa insatisfação generalizada”, questionando sobre a existência “de iniciativas ou medidas que vão ser adotadas para solucionar as referidas situações”, numa pergunta dirigida à Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

António Ventura disse que persistem as queixas, “face aos atrasos recorrentes dos CTT na receção e envio de mercadorias provenientes do continente português, uma situação que se agrava nas encomendas do correio internacional”.

“Isso tem prejudicado a retoma económica na Região, que é urgente, tendo em conta as consequências da Covid-19. As empresas e os açorianos estão a ser afetados há tempos demais”, referiu o deputado

O parlamentar açoriano sublinha que, “mesmo antes da pandemia, já esta situação dos atrasos se verificava, e de forma muito acentuada. Há casos em que a demora na entrega das encomendas atingia e atinge mais de um mês”, explicou.

António Ventura recordou que os CTT estão vinculados “ao cumprimento do contrato de serviço público, pelo que são obrigados a prestar o serviço postal universal de acordo com os parâmetros de qualidade de serviço e os objetivos de desempenho fixados pela ANACOM”.

Assim, “interessa mesmo apurar o que fez ou vai fazer o governo para corrigir estas situações lesivas para as populações e para a economia dos Açores”. concluiu.