Covid-19. Governo põe destino Açores em causa sem testes aos passageiros na origem

A vice-presidente do grupo parlamentar do PSD/Açores, Mónica Seidi, considerou hoje que o governo regional “está a pôr em causa o destino turístico Açores ao não promover a realização de testes à Covid-19 na origem aos passageiros que viajem para a Região”.

“Trata-se de uma questão de segurança”, diz a social democrata, referindo mesmo que “a realização dos testes seria um estímulo geral ao turismo, uma vez que não haveria risco de contágio, pois só poderá embarcar quem tiver teste negativo”, explica.

“A isso acrescem as dificuldades que os laboratórios estão a ter para dar resposta em tempo útil aos testes efetuados à chegada, não cumprindo com as 12 horas anunciadas pelo executivo regional”, adianta Mónica Seidi.

Segundo a vice-presidente da bancada social democrata, “todos os passageiros desembarcados nos Açores deviam realizar o teste à Covid-19 na origem. Assim como o Governo Regional devia criar condições junto dos laboratórios certificados em território continental para que esses testes ocorressem”.

“São de lamentar as recentes declarações da Secretária Regional da Saúde, pedindo paciência aos açorianos, quando é claramente o governo quem se desresponsabiliza perante um problema que é real e que cabe ao próprio governo resolver”, afirma.

Mónica Seidi recordou que o grupo parlamentar do PSD/Açores solicitou, através de requerimento, informações sobre a disponibilidade da tutela “em fazer convenções com os laboratórios e em comparticipar os testes para os residentes em viagem, opções que a responsável pelo setor tem recusado. Para lá de o governo não nos ter respondido”, concluiu.