COVID-19. PSD/Açores propõe inquérito serológico à população

O PSD/Açores entregou uma iniciativa legislativa para a realização de um inquérito serológico à população açoriana, com o objetivo de averiguar a extensão da COVID-19 e a presença de anticorpos contra o vírus que provoca a doença.

Num projeto de resolução entregue na Assembleia Legislativa dos Açores, os social-democratas salientam que os testes serológicos são realizados com vista a “identificar se houve ou não presença do novo coronavírus (designado SARS-CoV-2) no organismo, e detetando a eventual presença de anticorpos contra aquele vírus”.

“A realização de testes serológicos, devidamente validada e obedecendo a critérios bem definidos, poderá ter relevância no âmbito da pandemia que atualmente vivemos”, sublinharam.

De acordo com a iniciativa legislativa do PSD/Açores, “a resposta do sistema imunitário nem sempre é imediata, pelo que os anticorpos podem ir surgindo ao longo de dias, ou até semanas, após a ocorrência dos sintomas relacionados com a infeção viral”.

“A Organização Mundial de Saúde defende que os testes serológicos poderão ter um papel importante na identificação de utentes assintomáticos ou de utentes com infeções subclínicas, bem como na possibilidade de determinar a extensão da infeção da doença na população”, refere o projeto de resolução.

O PSD/Açores acrescentou que os testes serológicos à COVID-19 já realizados no continente, nomeadamente nos concelhos de Cascais e Loulé, permitiram “concluir que o contacto com o vírus foi muito superior ao número de casos confirmados presentes na amostra”.

Os social-democratas propõem ainda que o inquérito serológico “dê prioridade aos grupos de maior risco de exposição ao vírus, nomeadamente bombeiros, forças de segurança, agentes da proteção civil, profissionais de saúde e outros grupos relevantes para uma amostra que seja considerada representativa da população açoriana”.