António Ventura responsabiliza Mário Centeno por promessas não cumpridas nos Açores

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República, António Ventura, questionou hoje o Ministro das Finanças sobre “um conjunto de promessas que o governo, de que também fez parte, não cumpriu nos Açores, na última legislatura”, avançou.

O social falava na Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito da apreciação, na generalidade, do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), onde considerou que Mário Centeno “tem responsabilidades acrescidas sobre o que foi prometido aos açorianos em 2016, e que até agora não foi cumprido”, disse.

“Os últimos quatro Orçamentos de Estado falharam com os açorianos, mesmo se parte destes compromissos estava inscritos em sede orçamental”, disse António Ventura.

O deputado desafiou Mário Centeno a dizer aos açorianos se o OE2020 vai permitir “a instalação dos radares meteorológicos, a descontaminação total dos solos e aquíferos na Praia da Vitória, a construção da cadeia de Ponta Delgada ou a criação do Centro de investigação Oceanográfica no Faial”.

E, da mesma forma, referiu-se “à execução do PREIT, ao reconhecimento da Universidade dos Açores como academia ultraperiférica, aos investimentos no Porto da Praia da Vitória ou a satisfação das lacunas nos serviços do Estado em estruturas e meios humanos”, elencou.

“Onde está o dinheiro neste Orçamento para tais compromissos?”, perguntou António Ventura ao Ministro das Finanças.

O deputado do PSD/Açores na República afirma que, “caso não se cumpram estas iniciativas, vamos novamente assistir à criação de expetativas e ao habitual fazer de conta do governo, com mais falhanços e faltas de palavra para com os açorianos”, concluiu.