Saúde. “A senhora secretária não pode fazer tábua rasa dos problemas que afetam os açorianos”

A deputada do PSD/Açores, Mónica Seidi, afirmou hoje que a Secretária Regional da Saúde “não pode fazer tábua rasa dos problemas do setor, que afetam milhares de açorianos”, adiantou.

“Temos uma nova protagonista na pasta da Saúde, mas existem velhos problemas a afetar milhares e milhares de açorianos, e a atual governante está a dar seguimento ao programa do governo em vigor, pelo que não pode fingir que, daqui em diante, tudo será resolvido”, afirmou a social democrata.

Mónica Seidi considera “inaceitável” este “começar de novo, fazendo de conta que não existem as inúmeras carências que diariamente tocam os utentes açorianos. Não podemos, nem iremos compactuar com esta atitude”, assume

“Há muito tempo que a Saúde é uma prioridade para o PSD/Açores, e os açorianos sabem que podem contar com o PSD para a defesa dos seus interesses”, diz Mónica Seidi.

A deputada lembra que a população da Ilha Terceira “continua a ser a mais prejudicada no que concerne à atribuição de Médico de família, com cerca de 12 mil utentes sem acesso àquele serviço”.

“Desde 2016 que ouvimos os diferentes protagonistas da pasta da Saúde a prometer médicos de família para todos”, lembra.

“Não foi em 2016, não foi em 2018, como previamente prometido na legislatura anterior, e agora a nova secretária atira a promessa para abril de 2020”, enumera a parlamentar.

Mónica Seidi refere também “Os 600 Vale Saúde anunciados para resolver os problemas das Listas de Espera Cirúrgicas, supostamente com tempos de espera nos limites normais limites”, e lamenta que a oposição “não tenha acesso a essa informação, pois o governo não a disponibilizou”, adianta.

“E a isso só podemos chamar falta de seriedade, escondendo o passado recente. O que tem acontecido com muita frequência, quando indagamos um governo que não cumpre o que cria”, concluiu.