PSD/Açores aberto ao diálogo para resolver problemas dos guardas florestais dos Açores

O deputado do PSD/Açores Carlos Ferreira afirmou que o partido está disponível a melhorar a sua proposta de regulamentação da carreira de guarda florestal, recebendo contributos das restantes forças partidárias e do Governo Regional.

“Estamos disponíveis a receber ideias de todos os partidos e do Governo Regional, de forma a melhorar a nossa proposta. O PSD não quer ficar com os louros nesta matéria, mas sim resolver um problema que se arrasta desde 2006 e garantir a justa valorização da carreira de guarda florestal nos Açores”, afirmou o social-democrata à margem dos trabalhos da Comissão de Política Geral.

Carlos Ferreira salientou que transmitiu ao Secretário Regional da Agriculturas e Florestas e aos partidos presentes na Comissão a “total disponibilidade do PSD/Açores para o diálogo”.

“Os guardas florestais da nossa Região aguardam há 13 anos pela regulamentação da atividade e por uma carreira própria. A nossa proposta visa refundar a segurança jurídica do exercício das suas funções e estabelecer igualmente normas relativas ao seu estatuto profissional. Quaisquer contributos que melhorem o diploma do PSD são bem-vindos”, disse.

Para o parlamentar social-democrata, “é preciso resolver esta questão com a maior urgência, pois estamos perante profissionais com poderes de autoridade e funções de fiscalização, que portam armas de fogo distribuídas pela Região para o desempenho das suas funções”, concluiu.