SATA. PSD solicita contas referentes aos primeiros seis meses de 2019

O grupo parlamentar do PSD/Açores solicitou hoje à tutela “as contas das várias empresas do Grupo SATA relativas ao primeiro semestre deste ano”, referindo “a urgência em dispor de informação atualizada sobre a situação financeira da empresa, dado o grave estado da sua operação”, adiantou António Vasco Viveiros.

O deputado elencou os vários “e preocupantes” fatores “que nos levam a requerer as contas destes primeiros seis meses, ainda que provisórias e sujeitas aos necessários ajustamentos, nomeadamente dado o resultado negativo superior a 22 milhões de euros que o Grupo SATA apresentou no primeiro trimestre de 2019”.

“Recorde-se que as contas relativas a 2018 atingiram um resultado negativo superior a 50 milhões de euros, mas só o início deste ano já se verifica um agravamento muito significativo, relativamente ao período homólogo de 2018”, avançou António Vasco Viveiros.

O social democrata estima que os resultados do primeiro semestre “poderão já ser mesmo superiores aos 50 milhões de euros, isto considerando as anomalias graves que tem caracterizado a operação da empresa nos últimos meses”, afirmou.

Para o deputado, “está em causa a sobrevivência da empresa e o seu regular funcionamento, sendo fundamental que os agentes políticos e os açorianos conheçam a real situação do Grupo SATA”, concluiu.