Partido Socialista “ofende” populações de Rabo de Peixe e Lajes

O deputado do PSD/Açores Jaime Vieira criticou o Partido Socialista por ofender as populações de Rabo Peixe, na ilha de São Miguel, e das Lajes, na ilha Terceira, ao insinuar que aquelas duas vilas “são os antros da toxicodependência” da Região.

“É triste e deselegante que o Partido Socialista tenha vindo a este parlamento ofender todos os rabopeixenses e lajenses, insinuando que nessas duas vilas estavam os antros da toxicodependência dos Açores”, afirmou o social-democrata, na Assembleia Legislativa.

O parlamentar do PSD/Açores, que falava num debate de urgência sobre políticas de prevenção e combate às toxicodependências, salientou que atitude do Partido Socialista foi “vergonhosa” e exigiu um pedido de desculpas à bancada do PS.

“Isto é verdadeiramente vergonhoso. Os rabopeixenses e os lajenses exigem um pedido de desculpas do Partido Socialista, pois são pessoas de bem e não merecem ser tratadas dessa maneira”, disse.

Jaime Vieira considerou que as declarações da bancada socialista constituem também uma forma de “discriminação e estigmatização” dos cidadãos de Rabo de Peixe e das Lajes afetados pelo problema da toxicodependência.

O deputado social-democrata lamentou ainda que o Partido Socialista tenha “aproveitado um assunto tão sério para atacar, de forma mesquinha, os autarcas do PSD, nomeadamente os presidentes das juntas de freguesia de Rabo de Peixe e Lajes”.

“Já não é a primeira vez que o Partido Socialista vem exigir que as juntas de freguesia do PSD resolvam problemas que são da competência do Governo Regional. Isto é vergonhoso”, sublinhou.