Conselho Regional aprova perfil dos candidatos na lista à Assembleia da República

O Conselho Regional do PSD/Açores aprovou o perfil dos candidatos na lista à Assembleia da República, tendo destacado que as próximas eleições legislativas nacionais constituem um momento de “virar de página” do partido e de “defesa da Autonomia”.

“As eleições para a Assembleia da República para o período legislativo de 2019-2023 constituem um momento de virar de página do PSD/Açores e de defesa intransigente dos interesses da Região e da Autonomia”, afirmou o presidente do partido, em declarações aos jornalistas, no final da reunião do Conselho Regional.

Alexandre Gaudêncio salientou que, com estes desígnios, o PSD/Açores concorre às eleições legislativas nacionais apresentando aos açorianos uma lista de candidatos cujos membros terão “experiência política, institucional ou associativa”, bem como “capacidade de diálogo com os parceiros sociais”.

O presidente do PSD/Açores acrescentou que o perfil aprovado pelos conselheiros social-democratas prevê também como critérios para a escolha dos candidatos um “percurso profissional reconhecido” e uma “reconhecida idoneidade política, cívica e pessoal”.

Nos critérios para a constituição da lista de candidatos do PSD/Açores à Assembleia da República incluem também a “dimensão regional” e a “comunhão dos valores da Social-Democracia”.

A aprovação do perfil da lista de candidatos foi feita pelo Conselho Regional, “cumprindo o que está definido nos Estatutos do PSD/Açores”.

“Seguindo esta orientação do Conselho Regional do partido, a Comissão Política Regional do PSD/Açores definirá, em data a anunciar posteriormente, a lista de candidatos que corresponda ao perfil agora aprovado”, afirmou Alexandre Gaudêncio.