União Europeia. Gaudêncio garante atenção permanente em defesa dos Açores

O presidente do PSD/Açores garantiu que terá uma “atenção permanente” às questões da União Europeia relativas ao arquipélago, assegurando que se deslocará a Bruxelas “sempre que necessário” para defender os interesses da Região.

“Terei sempre uma atenção permanente às questões da União Europeia que digam respeito à nossa Região. Irei, sempre que necessário, a Bruxelas ou a qualquer local para defender os interesses dos Açores”, afirmou Alexandre Gaudêncio, no final de uma deslocação a Bruxelas, acompanhado pelo deputado do PSD/Açores António Almeida, em que estabeleceu contactos com diversas instituições da União Europeia e organizações nacionais ali representadas.

O líder dos social-democratas açorianos salientou que, “independentemente de se ter ou não um deputado europeu, o PSD/Açores nunca se demitirá das questões europeias sempre que estejam em causa os interesses da Região”.

Segundo Alexandre Gaudêncio, “uma parte muito substancial dos assuntos relativos aos Açores e às regiões ultraperiféricas decide-se em instituições como a Comissão Europeia”.

“É ali que praticamente tudo se decide. Estarei lá pessoalmente sempre que seja necessário defender os Açores e abrir portas para o futuro. O empenho do PSD/Açores nas questões europeias continuará a ser absoluto”, disse.

Durante uma visita de três dias, o presidente do PSD/Açores reuniu com Efthimios Bokias, chefe de Unidade do Desenvolvimento Rural da Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural da Comissão Europeia, Sofia Amor, coordenadora para Portugal, e Paulo Barroso Simões, gestor do Programa Açores.

Alexandre Gaudêncio participou também na reunião plenária do Comité Económico e Social Europeu em que se procedeu à audição da Comissária Europeia Margrethe Vestager sobre os desafios da política da concorrência, no contexto da economia digital e do desenvolvimento sustentável.

O líder dos social-democratas açorianos visitou igualmente a delegação da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) em Bruxelas, tendo reunido com Luís Mira, secretário-geral da organização, e Duarte Mira, delegado permanente da CAP na capital belga.

O presidente do PSD/Açores participou ainda numa reunião com Paulo Gouveia, conselheiro chefe do Comité das Organizações Profissionais e Cooperativas Agrícolas da Europa (COPA-COGECA).

Nesta visita, Alexandre Gaudêncio visitou também o Gabinete dos Açores em Bruxelas, reunindo com Frederico Cardigos, coordenador do Gabinete, e Roberto Pacheco, representante permanente da Federação Agrícola dos Açores na capital belga.

Na ocasião, o líder social-democrata anunciou que o PSD/Açores está a constituir um grupo de acompanhamento das políticas comunitárias para as regiões ultraperiféricas da União Europeia, que trabalhará com instituições regionais, nacionais e europeias, presidido pelo próprio Alexandre Gaudêncio.