União Europeia deve potenciar diversidade regional, diz Duarte Freitas

A União Europeia deve dar “cada vez maior importância ao desenvolvimento e à coesão entre as diferentes Regiões que a integram”, uma vez que “a maior riqueza deste espaço é, precisamente, a sua diversidade regional”, defende o presidente do PSD/Açores.

Duarte Freitas encontrou-se, em Estrasburgo, com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schultz, que é, também, o candidato dos socialistas europeus à presidência da Comissão Europeia.

Para o líder dos sociais democratas açorianos, “a Europa é um espaço de grande diversidade regional e esse pode ser um importante instrumento de desenvolvimento global”. Existe um lema muito conhecido que diz “’pensar globalmente, agir localmente’, pelo que a União Europeia deve trabalhar nesse sentido”.

Duarte Freitas manifestou-se “satisfeito” pela aprovação, esta semana, “do orçamento comunitário para o período 2016/20” e considerou que “é muito importante que esses fundos sejam aplicados de forma a que se consigam resultados efetivos”.

“Não basta afirmar-se que se executam muitos fundos, o importante é que a aplicação desses fundos atinja resultados e ajude a cumprir objetivos de desenvolvimento”.

Para o líder dos sociais democratas açorianos, é também necessário que seja mantida “grande atenção nas matérias relacionadas com a revisão da Política Agrícola Comum”, aprovada esta semana no Parlamento Europeu, mas ainda sem qualquer decisão relativa ao setor dos lacticínios.

“Para os Açores esse é um debate fundamental, uma vez que as decisões tomadas na Europa podem ter um impacto muito negativo na nossa economia, que já passa por dificuldades que são conhecidas”.

Nesse sentido, o presidente do PSD/Açores considera “importante que a situação do setor do leite nos Açores seja tida em conta durante a discussão do fim do regime de quotas”.