Propostas

TURISMO
social_i


Turismo de Natureza

  • Valorizar e fiscalizar as zonas classificadas/protegidas.
  • Fomentar e desenvolver as atividades turísticas associadas à natureza, fixando regras adequadas para utilização dos espaços.
  • Considerar a aplicação do princípio do utilizador/pagador.
  • Implementar roteiros dos monumentos naturais.
  • Valorizar as atividades no mar.
  • Promover a sustentabilidade ambiental.

Turismo Residencial

  • Incluir este mercado nos programas de promoção turística da Região.
  • Criar condições para a fixação de residentes não habituais.
  • Implementar a fixação de valores de investimento mínimo obrigatório, inferiores aos praticados no território continental, para a concessão de Autorização de Residência para Atividade de Investimento, com impacto para clientes oriundos de fora do espaço Schengen.
  • Majorar os incentivos aos investimentos nas ilhas com menor densidade demográfica.

Turismo de Saúde

  • Focar a formação na inserção profissional, associada a elevados padrões de qualidade, com o fim de atrair e fidelizar os turistas.
  • Envolver o sector privado na definição da oferta formativa da Escola de Hotelaria, garantindo assim maior grau de empregabilidade.Desenvolver um Plano Estratégico com o apoio de consultores externos ligados ao mercado do Turismo de Saúde nos EUA.

Recursos humanos

  • Incluir, de entre as competências dos hospitais públicos, a criação de condições para o seu posicionamento no mercado do Turismo de Saúde.
  • Assegurar a valorização e requalificação dos recursos humanos já afetos ao setor, com programas compatíveis com as necessidades da qualidade da oferta, atribuindo às Câmaras de Comércio – como representantes dos empresários do turismo – um papel fundamental.
  • Realizar eventos internacionais nos Açores, com a participação de seguradoras e outros potenciais parceiros.
  • Promover e apoiar a Acreditação Internacional em Qualidade dos hospitais públicos e de prestadores privados.