PARLAMENTO

Governo insiste em excluir das prioridades regionais investimentos que são estratégicos para o Faial, alertam Carlos Ferreira e Luís Garcia
Publicado em 05 de Dezembro, 2017

Os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Faial consideram que só por “teimosia política” o Governo regional insiste em excluir das prioridades regionais investimentos que são estratégicos para o Faial, como prova o chumbo do PS às propostas de alteração do PSD/Açores ao Plano e Orçamento da Região para 2018.

> Ler mais
“Vasco Cordeiro é um produto de uma classe política que vive de e para o diretório dos partidos”, afirma Bruno Belo
Publicado em 04 de Dezembro, 2017

O deputado do PSD/Açores eleito pelas Flores acusa o Presidente do Governo regional, Vasco Cordeiro, de estar mais interessado em servir o PS do que em dar resposta e encontrar soluções para as legítimas expetativas da população da ilha que, mais uma vez, ficou esquecida nas opções do executivo para o Plano e Orçamento da Região para 2018.

> Ler mais
Deputados do PS eleitos pela Graciosa votam contra os interesses da ilha, denuncia Bruto da Costa
Publicado em 04 de Dezembro, 2017

João Bruto da Costa acusa os deputados do PS eleitos pela Graciosa de votarem contra os interesses da população da ilha que os elegeu, nomeadamente às propostas de alteração do PSD/Açores ao Plano Anual da Região para 2018 que refletiam, entre outras, as reivindicações do Conselho de Ilha.

> Ler mais
PSD/Açores vota contra o Plano e Orçamento de um Governo que não quer reduzir impostos e que recusa baixar tarifas aéreas inter-ilhas
Publicado em 01 de Dezembro, 2017

O grupo parlamentar do PSD/Açores votou contra a proposta de Plano e Orçamento da Região para 2018 do Governo, depois de ter feito depender o seu sentido de voto do acolhimento da bancada maioritária do PS às propostas dos social-democratas açorianos.

> Ler mais
Duarte Freitas defende “rutura na forma de fazer política”
Publicado em 30 de Novembro, 2017

O presidente do PSD/Açores defendeu que é necessária uma “rutura na forma de fazer política” na Região, em que se privilegiem a economia privada, o equilíbrio da sociedade e a transparência da democracia.

> Ler mais
PSD/Açores propõe que a nomeação do Inspetor Regional da Administração Pública seja votada pelo parlamento
Publicado em 29 de Novembro, 2017

O grupo parlamentar do PSD/Açores anunciou hoje que vai propor, em sede de discussão do Orçamento da Região para 2018, que a nomeação do Inspetor Regional da Administração Pública seja aprovada por maioria de dois terços do parlamento açoriano.

> Ler mais
PSD/Açores questiona política ambiental do Governo que manda enterrar cadáveres de animais
Publicado em 29 de Novembro, 2017

O grupo parlamentar do PSD/Açores questionou a política ambiental do Governo regional, a mesma que manda enterrar cadáveres de animais e que permite que a população de algumas localidades da Região não seja abastecida por água tratada ou que em algumas localidades sejam feitas descargas diretas de esgotos para ribeiras e grotas.

> Ler mais
PSD/Açores exige posição do Governo sobre o futuro da investigação em ciências do mar e ensino do DOP
Publicado em 29 de Novembro, 2017

O grupo parlamentar do PSD/Açores exigiu ao Governo regional que tome uma posição sobre o eventual encerramento do IMAR e sobre a estratégia para a investigação em ciências do mar, uma aérea fundamental para o futuro dos Açores e do país.

> Ler mais
PSD/Açores propõe verba para estudo sobre as causas de cancro na Região
Publicado em 29 de Novembro, 2017

O grupo parlamentar do PSD/Açores vai propor a introdução no Plano Anual da Região para 2018 de uma verba de 200 mil euros para que seja feito um estudo sobre as causas de cancro na Região, anunciou Luís Maurício durante o debate do Plano e Orçamento dos Açores para o próximo ano.

> Ler mais
A Cultura popular é um parente pobre dos governos do PS
Publicado em 28 de Novembro, 2017

O deputado do PSD/Açores, César Toste considerou ontem que a Cultura popular “é um parente pobre dos governos do PS”, referindo que, a cada legislatura que passa, “se investe cada vez menos, de um modo geral, na Cultura. E a forma como são executados os investimentos arrasta-se no tempo, originando maus exemplos de gestão do dinheiro público”, afirmou.

> Ler mais