OPINIÃO

Ilusionismo – Opinião de Hermano Aguiar
Publicado em 08 de Fevereiro, 2016

«O Tribunal de Contas diz que a SATA efetuou “rotas que não geravam suficientes receitas para cobrir os custos operacionais”; em cinco anos, “o aumento do número de chefias passou de 19 para 38”; “a dívida da SATA cresceu 439%”; “os membros do conselho de administração afirmaram desconhecer os fundamentos das decisões estratégicas tomadas”.»

> Ler mais
Estão a dar cabo disto – Opinião de João Bruto da Costa
Publicado em 03 de Fevereiro, 2016

«Nesse mesmo sentido, e perante o descalabro de uma empresa como a SATA, levada à beira da ruína, os instalados no poder vieram recriminar, imagine-se, a oposição, em particular o PSD, por, dizem, fazer campanha eleitoral com a SATA!!!»

> Ler mais
O “esboço” – Opinião de António Marinho
Publicado em 03 de Fevereiro, 2016

«O governo está ”entalado”. Fruto, em boa parte, da “cobrança” feita pela extrema esquerda radical envolvida na coligação que permitiu aos socialistas acederem ao poder de forma enviesada.»

> Ler mais
Marcelo – Opinião de Hermano Aguiar
Publicado em 01 de Fevereiro, 2016

«A popularidade de Marcelo é fruto da comunicação de anos e anos que competiu, em audiências, com folhetins, telenovelas, e telejornais. Foi o Marcelo político “não político” em que os eleitores se reviram.»

> Ler mais
A vida difícil dos nossos lavradores – Opinião de Luís Garcia
Publicado em 28 de Janeiro, 2016

«A manutenção (ou melhor a falta dela) dos caminhos agrícolas no Faial é uma competência que ninguém quer assumir. O Governo empurra para a Câmara e esta para o Governo. Neste jogo do empurra, muitas vezes, essa função acaba caindo nas Juntas de Freguesia que não têm nem competências nem meios para acudir a esta tarefa exigente e gigantesca.»

> Ler mais
Governo de filhos e enteados – Opinião de Cláudio Lopes
Publicado em 27 de Janeiro, 2016

«Quando um Governo trata de forma diferente o que é igual, quando beneficia uns em detrimento de outros, então nesse momento deixa de ser o Governo de todos para passar a ser apenas o Governo de alguns. O Governo de filhos e enteados.»

> Ler mais
Abstenções e desculpas – Opinião de João Bruto da Costa
Publicado em 27 de Janeiro, 2016

«Não deixa de ser notável o eclipse mediático dos poderosos socialistas açorianos, todos eles tendo apelado ao voto no candidato derrotado. Desapareceram das fotografias da noite eleitoral, tendo a jornalista de serviço andado à procura nos corredores de um hotel para encontrar de sorriso amarelo o presidente reeleito do PS/Açores a dizer que está tudo bem, porque amanhã já não se fala mais nisso.»

> Ler mais
Diferentes – Opinião de António Marinho
Publicado em 27 de Janeiro, 2016

«Um governo que não cria. Um governo que apenas tem a destruição como mote. Um governo pendurado nos compromissos assumidos com partidos que assentam a sua ação política no protesto e que só assim intervêm na sociedade. Não é por acaso, aliás, que recusaram uma participação ativa no governo. É um governo de “O futuro? Logo se vê!”»

> Ler mais
Pró-dinástico – Opinião de Hermano Aguiar
Publicado em 25 de Janeiro, 2016

«Um regime de democracia hereditária está-se implementando na Região. E o que assusta, não é que haja quem queira implementar semelhante regime, é que seja permitido por esta nossa cómoda e permissiva sociedade.»

> Ler mais
“Empinar” ou conhecer? – Opinião de João Bruto da Costa
Publicado em 20 de Janeiro, 2016

«É absolutamente fantástico o argumento de que os exames são para os alunos, e para as pessoas em geral, uma forma inadequada de avaliar as capacidades e as fraquezas no conhecimento de uma qualquer matéria.»

> Ler mais