Propostas

ECONOMIA & EMPREGO

social_i

  • Incentivar a implementação do Programa Gerações com o intuito de criar emprego para mais de 1.000 jovens, rejuvenescendo ao mesmo tempo a administração pública regional.
  • Promover o investimento privado através da orientação de fundos europeus para as pequenas e médias empresas.
  • Desenvolver uma política de captação de investimento externo com destaque para a Diáspora.
  • Criar uma rede de ninhos de empresas em todos os concelhos da Região. Esta proposta prevê a colaboração do governo regional com autarquias, associações empresariais, instituições de ensino profissional e com a Universidade dos Açores, entre outras, para que essa rede de ninhos de empresa possa ser concretizada através da utilização de espaços já existentes e que não estão a ser aproveitados.
  • Promover a recuperação de emprego em todas as ilhas da Região, através do lançamento pequenas obras destinadas a reabilitação urbana nos centros históricos.
  • Transpor para o direito regional da diretiva comunitária que fixa o prazo para pagamento a fornecedores em 30 dias. Regras especiais das medidas contra os atrasos de pagamento nas transações comerciais.
  • Criar mais apoios ao empreendedorismo que favoreçam novas iniciativas empresariais de desenvolvimento de pequenas e médias empresas e empresários em nome individual.
  • Dar um novo impulso à internacionalização de empresas a partir da simplificação e avaliação de todos os apoios disponíveis para renová-los, reorientá-los e melhorar a sua eficácia. Em particular, melhoraremos a coordenação com os organismos facilitadores nacionais.
  • Promover a criação de empresas de base tecnológica, mediante um quadro normativo, que apoie os investigadores, os centros de investigação e os investidores a criar um ecossistema favorável à criação de valor.
  • Fomentar o Emprego, reforçando a aposta na industrialização, sobretudo a partir da utilização e valorização de matérias-primas locais, procurando novos mercados e substituindo importações.
  • O investimento público em infraestruturas e a reabilitação urbana deverão assumir um papel relevante no aumento de emprego.