Propostas

AGRICULTURA

social_i

  • Melhor POSEI para a Região, com reforço da sua aplicação, amplitude e dotação financeira.
  • Qualificação comunitária dos produtos agroalimentares.
  • Existência de um Plano por Ilha para o setor agroalimentar.
  • Realizar ações de promoção da carne e do leite açorianos em novos mercados, mas também junto do mercado nacional.
  • Criar um verdadeiro programa de apoio ao sector agrícola, juntando a investigação e o desenvolvimento para a criação de novos produtos.
  • Reestruturar a rede de transportes inter-ilhas para dar resposta às necessidades do setor agrícola, para que os produtos deixem de se acumular nos armazéns e possam chegar aos mercados em que têm de estar presentes.
  • Constituir uma comissão tripartida – Universidade dos Açores, Administração Regional e Organização de Produtores – para identificação das linhas de investigação, implementação da formação e acompanhamento técnico de campo.
  • Construir um programa de melhoramento de pastagens, para proteger os solos, produzir erva com maior valor nutritivo e reduzir os custos de produção.
  • Implementar um Fundo Mutualista Regional para a agricultura com recurso a Fundos Comunitários.
  • Promover um programa transversal entre agricultura, gastronomia e turismo para valorizar os nossos recursos endógenos.
  • Criar um “Plano Lácteo de Longa Duração”, com uma “Carta Láctea de Valores” e uma “Interprofissional do Leite” que preveja a segurança no preço do leite aos produtores e a sustentabilidade do setor, através de acordos entre as partes, com a imprescindível equidade nos riscos da volatilidade na fileira.
  • Implementar um “Centro Tecnológico e Promocional da Carne de Bovino” constituído em parceria com as Organizações deste subsetor e a Universidade dos Açores de forma a valorizar esta fileira.
  • A vitivinicultura é uma das atividades que deve contribuir para a diversificação do setor agrícola. Sendo uma cultura com tradição em algumas das nossas ilhas, continuaremos a apoiar o processo de reestruturação do setor em curso na Região.
  • Estabelecer um programa de combate às principais doenças económicas que atingem as manadas e um programa de apoio à vacinação contra a Rinotraqueite Infeciosa Bovina (IBR) e Diarreia Viral Bovina (BVD).