Pico. Gaudêncio propõe aposta no turismo, agricultura e ambiente para fortalecer ilha
Publicado em 04 de Abril, 2019

O presidente do PSD/Açores defendeu que a aposta no turismo, agricultura e ambiente são essenciais para fortalecer a economia do Pico, alegando que são setores fundamentais para a criação de emprego e da fixação dos jovens na ilha.

“Constatamos que o turismo, a agricultura e o ambiente têm grandes potencialidades para fortalecer o tecido económico do Pico. A ilha tem muito ganhar com uma aposta que conjugue estes três setores. Só assim se poderá criar mais emprego e fixar os jovens no Pico”, afirmou Alexandre Gaudêncio.

O líder dos social-democratas açorianos, que falava nas Lajes do Pico no encerramento das jornadas parlamentares do partido, salientou que, no âmbito do turismo, é necessário um reforço das acessibilidades aéreas e marítimas ao Pico adequado à oferta existente, lembrando que a ilha já possui mais de duas mil camas.

Alexandre Gaudêncio sublinhou que a ilha do Pico “está a afirmar-se” no setor do turismo, havendo, no entanto, “ainda muita coisa a fazer no domínio dos transportes”.

O presidente do PSD/Açores alertou ainda para a necessidade melhorar o estado dos caminhos agrícolas no Pico, dado que estes são utilizados por agricultores e turistas que visitam a ilha.

“Estes caminhos agrícolas são hoje, e mais do que nunca, utilizados não só pelos empresários agrícolas, mas também pelo turismo que está a chegar em força à ilha”, disse o líder social-democrata.

Alexandre Gaudêncio acrescentou que é dando condições à economia privada que se cria emprego, sobretudo para os jovens, fortalecendo a economia local de cada uma das ilhas.