Flores. Governo “incapaz de resolver problema ambiental” em fábrica de laticínios
Publicado em 01 de Março, 2019

O deputado do PSD/Açores Bruno Belo afirmou que o Governo Regional tem sido “incapaz de resolver o problema ambiental” da fábrica de laticínios da Cooperativa Ocidental, nomeadamente o tratamento a dar a subprodutos como o soro de leite.

“Os problemas relacionados com os subprodutos, designadamente o soro, arrastam-se há muitos anos e até agora o Governo tem sido incapaz de resolver tal situação, não obstante terem sido desperdiçados 132.500 euros sem resultados”, disse o social-democrata.

Em requerimento enviado à Assembleia Legislativa dos Açores, o parlamentar salientou que o Governo Regional, “quando decidiu celebrar um protocolo com a Cooperativa Ocidental, no valor de 132.500 euros, para tentar resolver o problema ambiental, apenas fingiu que estava a resolver o problema e tinha plena consciência de qua a situação não se resolveria”.

“Como é do conhecimento do Governo por diversas vezes a Cooperativa Ocidental tem sido alvo de levantamento de autos que implicam coimas elevadas. Essa coimas eram perfeitamente evitáveis se tivesse existido uma efetiva intenção de resolver uma situação que se torna muito desagradável para as pessoas que residem nas proximidades da unidade fabril, designadamente por causa dos cheiros”, frisou.

Bruno Belo lembrou que, a propósito desta questão, o Presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, afirmou, em outubro de 2016, que “temos de ir mais além, principalmente ao nível da questão ambiental”.

“Hoje, o tempo prova que, mais uma vez, o Presidente do Governo apenas fingiu querer resolver este problema ambiental”, considerou.

O deputado do PSD/Açores eleito pela ilha das Flores recordou ainda que, “como é do conhecimento do Governo, a direção da Cooperativa Ocidental pretende remodelar a sua unidade fabril”, podendo assim “cumprir com as exigências ambientais”.

O parlamentar social-democrata pretende, por isso, saber qual é o “ponto da situação” da remodelação da fábrica da Cooperativa Ocidental, após o Governo Regional ter desafiado, há dois anos, aquela entidade a recorrer a fundos comunitários para avançar com o projeto.

“A fábrica de laticínios da Cooperativa Ocidental é fundamental para a ilha das Flores, não só pelo que produz, mas também pelo que significa para os produtores de leite e pelo que consegue gerar de mais-valias para a economia local”, afirmou Bruno Belo.