Aumento do desemprego nos Açores “desmente discurso irrealista” do governo regional
Publicado em 07 de Novembro, 2018

O deputado do PSD/Açores António Vasco Viveiros afirmou que o aumento da taxa de desemprego no arquipélago “desmente o discurso irrealista” do governo regional, dado que a diferença da Região em relação ao país “se está a agravar”.

Segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos ao terceiro trimestre de 2018, a taxa de desemprego nos Açores aumentou de 8,2% para 8,7%, enquanto que a média nacional permaneceu nos 6,7%.

Ainda de acordo com o INE, em relação ao trimestre homólogo, os Açores foram a única região do país em que a taxa de desemprego aumentou, continuado a ter a segunda mais elevada taxa do país.

“O aumento do desemprego nos Açores desmente o discurso irrealista do governo regional do Partido Socialista e confirma, infelizmente, a tendência de agravamento da diferença dos Açores em relação ao país, que se tem vindo a acentuar desde o segundo trimestre de 2017”, disse António Vasco Viveiros.

Para o deputado do PSD/Açores, “o problema do desemprego tem que ser encarado com realismo e não com propaganda, como tem sido prática do governo regional e do Partido Socialista”.

O parlamentar social-democrata lembrou ainda que a diferença entre a Região e o país, em matéria de desemprego, “só não é mais grave porque o número de trabalhadores em programas ocupacionais nos Açores, na proporção da sua população, é quase três vezes maior do que a nível nacional”.