PSD/Açores quer explicações sobre presença de amianto em equipamentos públicos
Publicado em 12 de Setembro, 2018

O grupo parlamentar do PSD/Açores requereu, com urgência, a audiência em Comissão da Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo, para prestar esclarecimentos sobre instalações, estruturas, edifícios ou equipamentos, afetos à administração regional autónoma, que incorporem produtos contendo amianto.

Para os social-democratas, “o governo regional deve explicações aos açorianos”, nomeadamente “a todos os utilizadores habituais de edifícios ou equipamentos que ainda contenham amianto, sabendo-se que a sua utilização foi proibida e que é um material que contém agentes cancerígenos”, refere a deputada Catarina Chamacame Furtado.

A parlamentar recorda que, em 2014, “foram aprovados 26 milhões de euros de investimentos públicos que previam, entre outras obras ou intervenções, a remoção do amianto de todas as escolas da Região até 2017”.

Mais adianta que tais investimentos “estavam previstos e devidamente calendarizados na Carta Regional das Obras Públicas, tendo-se antecipado os prazos máximos definidos para a remoção de amianto das seis escolas dos Açores onde aquele material foi identificado (Calheta, Capelas, Rabo de Peixe, Lagoa, Arrifes e Canto da Maia, esta em Ponta Delgada)”.

Segundo Catarina Chamacame Furtado, “foi a própria Secretaria Regional da Educação, em 2014, quem garantiu que naquelas escolas, as obras para remoção de amianto estariam concluídas em 2017. Acontece que não estão, e queremos saber em que ponto está a situação”, explica.

O pedido do PSD/Açores visa igualmente conhecer “o inventário regional atualizado de todos os edifícios que incorporem produtos contendo amianto, com indicação da data da última versão desse documento”, bem como obter ” uma lista detalhada dos equipamentos escolares, incluindo creches e jardins de infância, lares de idosos e residências assistidas, equipamentos de saúde e desportivos, em que a remoção do amianto ainda não tenha sido concluída”, conclui a deputada.