Comité Científico Agroalimentar em Portugal: Onde está?
Publicado em 12 de Setembro, 2018

O deputado do PSD/Açores à Assembleia da República, António Ventura, questionou o Executivo sobre a criação de um Comité Científico Agroalimentar em Portugal, seguindo uma recomendação do PSD, “aprovada pela Assembleia da República, mas sobre a qual nada mais se soube”, afirmou.

“Até ao momento não se conhece a sua existência, nem se sabe se o Governo está a promover a sua constituição, pelo que importa que se pronuncie sobre o cumprimento da Resolução da Assembleia”, frisou o social-democrata.

“Não queremos que esta resolução fique esquecida, nem que o Governo apenas faça de conta que está a trabalhar no seu sentido”, disse António Ventura.

Segundo defende o PSD, “será útil e desejado o estabelecimento, em Portugal, de um comité científico de suporte à alimentação humana, para valorização e reconhecimento dos produtos agroalimentares”, recorda o deputado.

Acrescentando que, “existe muita desinformação pública, propositada, sobre alguns alimentos, entre os quais se destaca o leite, pelo que se torna fundamental estabelecer um consenso ao nível académico, dos médicos, dos nutricionistas, entre outros, que validem o leite e outros alimentos enquanto produtos alimentares necessários e indispensáveis para a saúde humana”, refere.

Esse comité “vai permitir validar a informação de forma muito credível, retirando muitas dúvidas e especulações sobre os agroalimentos, em especial, sobre o leite”, diz António Ventura.

O deputado do PSD/Açores diz que é necessário “recuperar a confiança de muitos consumidores, desfazendo os mitos e as mentiras”.

Pelo que interessa, sobretudo, “valorizar os agroalimentos como padrão alimentar nutritivo, na comprovada segurança alimentar, na sustentabilidade dos recursos endógenos, no respeito pelos padrões ambientais e de relevância para a economia portuguesa”, reforça.

“Com o comité vai poder-se, com atestada verdade, construir campanhas publicitárias para o consumo de agroalimentos, em especial, do leite e dos seus produtos derivados”, acrescenta Ventura.

O deputado conclui, dizendo que “o comité científico irá ajudar à vantagem competitiva nas exportações dos agroalimentos, sendo que trará grandes vantagens para os Açores, onde a bovinicultura de leite é uma atividade predominante na agricultura açoriana”.