Berta Cabral afirma que TAP “não prestou bom serviço” aos Açores
Publicado em 14 de Setembro, 2018
A deputada do PSD/Açores na Assembleia da República, Berta Cabral, afirmou que a TAP “não prestou um bom serviço” ao arquipélago durante este verão, com vários cancelamentos de voos e problemas de pontualidade.
“A TAP, que é uma companhia de capitais públicos, não prestou um bom serviço aos Açores durante o Verão IATA em curso. Teve problemas de pontualidade sistemática, diria mesmo vergonhosa. Teve problemas de cancelamentos de voos, sobretudo para a ilha Terceira, com maior incidência no início do Verão IATA”, disse Berta Cabral, na comissão parlamentar de Economia.
A parlamentar social-democrata, que falava durante uma audição ao presidente do conselho de administração da TAP, denunciou igualmente que a companhia aérea nacional “teve problemas com o transporte de bagagens e praticou tarifas exorbitantes”.
“A TAP terminou também o ‘codeshare’ que tinha com a SATA na operação para a ilha de São Miguel, retirando flexibilidade aos passageiros”, lembrou.
Berta Cabral acrescentou que a notícia de que “a TAP deixará de transportar macas e incubadoras é inadmissível, o que está a preocupar os profissionais de saúde e os açorianos, sobretudo os residentes na ilha Terceira, por falta de alternativa durante vários dias da semana”.
“Todos estes problemas têm obviamente enormes implicações na vida dos açorianos, na sua mobilidade e no desenvolvimento económico da Região”, frisou.
A deputada açoriana questionou ainda o presidente do conselho de administração da companhia sobre “qual a estratégia da TAP para os Açores”, recordando que a transportadora aérea nacional “fechou lojas e balcões na Região, deixou a rota para o Faial e terminou o acordo de ‘codeshare’ com a SATA na ilha de São Miguel”.