Duarte Freitas quer Serviço de Estatística independente e ao serviço da Economia dos Açores
Publicado em 07 de Junho, 2018

O Presidente do PSD/Açores defendeu hoje a criação de um Serviço Regional de Estatística independente, e com um líder eleito por 2/3 do parlamento regional, considerando que essa iniciativa “valoriza o próprio parlamento, e visa dar mais independência a um conjunto de agentes públicos que, nos Açores, estão demasiado dependentes do poder regional”, declarou.

Duarte Freitas falava após uma reunião com a nova direção da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH), onde confirmou que “um Serviço que possa produzir elementos estatísticos credíveis, atualizados e abrangentes, que não existem neste momento, é essencial. E hoje pudemos conferir isso mesmo com a CCAH”, afirmou.

“Os agentes económicos, e quem quer fazer projetos de investimento, deparam-se com enormes dificuldades a esse nível, e é preciso corrigir essa situação”, disse o presidente do PSD regional.

“Nos Açores, precisamos de uma Economia mais pujante, com mais iniciativa privada, com mais dinamismo, com impostos mais baixos, mas também precisamos de uma sociedade mais liberta dos poderes públicos”, acrescentou.

“E a nossa proposta para o Conselho Económico e Social, que será discutida no plenário deste mês, vai nesse sentido, propondo igualmente que aquele órgão seja independente da tutela do governo e com uma maioria de parceiros privados”, frisou Duarte Freitas

O líder social democrata disse igualmente que “também o Governo tem a sua proposta, pelo que em breve teremos um Conselho Económico e Social eleito por 2/3 do parlamento regional, sendo esse um ganho de causa na afirmação da sociedade civil açoriana”.

Duarte Freitas realçou ainda o trabalho que o PSD/Açores tem vindo a fazer no âmbito do combate à corrupção e da transparência, “que resultou na inclusão de uma nova norma regional no Plano e Orçamento, que foi proposta por nós e aprovada”, concluiu.