PSD quer conhecer planeamento da Azores Airlines para a rota Horta-Lisboa no verão IATA
Publicado em 08 de Fevereiro, 2018

Os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Faial querem conhecer o planeamento da SATA para o próximo verão IATA na rota Lisboa-Horta, e apresentaram um requerimento para o efeito no parlamento regional.

Carlos Ferreira e Luís Garcia estão preocupados com as declarações da Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas que, na audição a respeito da petição a favor da ampliação do aeroporto da Horta, afirmou que “este ano a Azores Airlines terá menos um avião em virtude da alteração da frota”, situação que segundo os parlamentares “poderá agravar ainda mais as enormes dificuldades ao nível de lugares disponíveis que o Faial tem enfrentado nos últimos anos, especialmente em julho, em agosto e nas épocas festivas”, referem.

“Se, nos anos anteriores, a incapacidade da SATA em proporcionar uma oferta de lugares adequada às necessidades reais do Faial se revelou um forte obstáculo ao desenvolvimento desta ilha, com menos um avião em 2018 só se agravam as preocupações da população, do tecido empresarial e dos deputados signatários”, pode ler-se no requerimento.

Os parlamentares social democratas reafirmam “o caráter essencial das acessibilidades aéreas para a ilha, como instrumento de mobilidade”, incluindo o facto “de permitir deslocações por motivos de saúde, mas também como componente crucial da vida económica, quer seja para transportar produtos locais para o exterior, quer para permitir a entrada de turistas”, explicam.

Carlos Ferreira e Luís Garcia reivindicam o reforço de lugares nas ligações aéreas ao Faial e voltam a colocar em cima da mesa a necessidade de reposição de, “pelo menos, 14 voos semanais na rota Lisboa-Horta-Lisboa nos meses de julho e agosto”, acusando o Governo de Vasco Cordeiro de “incapacidade e teimosia” na redução do número de voos entre o continente e o aeroporto da Horta.