PSD quer explicações de Álamo Meneses sobre aposta no Turismo
Publicado em 09 de Novembro, 2017

O PSD de Angra do Heroísmo quer explicações por parte do presidente de câmara, Álamo Meneses, sobre a prometida “forte aposta” do seu executivo para o próximo quadriénio, no setor do Turismo, tendo em conta que após a época alta, as rotas, Porto/Terceira/Porto, Lisboa/Terceira/Lisboa e Madrid/Terceira/Madrid, tiveram e continuarão a ter vários voos cancelados”, referem.

A concelhia liderada por Luís Brasil entende que um menor número de ligações “terá como consequência uma forte diminuição de lugares disponíveis para o “incomming” de turistas, bem como para a mobilidade da população da ilha”.

Assim, “e considerando as múltiplas declarações públicas e em sede de Assembleia Municipal de Álamo Meneses, muitas delas em tom de promessas eleitorais, apelamos ao sr. presidente de câmara que explique aos angrenses, e especialmente ao “trade” do sector turístico, que diligências irá desenvolver perante este grave problema”, dizem os social democratas.

Segundo o PSD angrense, “um menor incremento nas ligações aéreas poderá culminar na quebra da atividade económica no concelho, de forma direta e indireta, bem como na redução de postos de trabalho e na imobilidade dos nossos munícipes”.

“Lamentamos uma vez mais a recorrente incapacidade política da autarquia socialista, que não consegue, perante um governo do mesmo partido, defender os interesses específicos de Angra”, avançam, relembrando “os sucessivos avanços e retrocessos verificados nos últimos anos na atividade turística, que promovem instabilidade nas empresas do setor, dificultando os seus investimentos futuros e estabilidade dos já encetados”, concluem.