Comunicado da Comissão Política Concelhia da Ribeira Grande
Publicado em 19 de Novembro, 2017

COMUNICADO

A denúncia do protocolo para a conservação, manutenção e exploração do monumento natural da Caldeira Velha, celebrado a 19 de janeiro de 2012, entre o Governo dos Açores e Câmara Municipal da Ribeira Grande, constitui, na opinião do PSD da Ribeira Grande, um despudorado ataque político ao executivo municipal, nomeadamente ao seu Presidente.

Com efeito, os motivos, de natureza conjuntural, avançados pela Secretária do Turismo para justificar esta posição extemporânea e injustificada, não foram sequer discutidos com a autarquia local, o que demonstra não só a falta de honestidade política e institucional daquela governante como também o desrespeito que o Governo Regional manifesta pela nossa autarquia.

A senhora Secretária Regional do Turismo não percebeu que o grande problema da Caldeira Velha, este ano, não ocorreu no interior do seu espaço mas sim no exterior, onde, por falta de estratégia e planeamento, o Governo Regional não conseguiu resolver questões ligadas ao estacionamento e ao trânsito, incluindo a situação do miradouro da Lagoa do Fogo, para não falar de outros.

O PSD da Ribeira Grande entende que a autarquia local tem condições e está interessada em manter a Caldeira Velha como um dos principais atrativos do concelho e não é indiferente à qualidade do espaço. Todavia, não aceita uma posição de facto consumado por parte da Secretária do Turismo, mesmo que legalmente prevista, uma vez que no seu papel de governante cabe a obrigação de diálogo prévio e entendimento com os órgãos de governação local, legitimamente eleitos. Estranha-se também que a senhora Secretária ignore ainda a avaliação positiva decorrente do acompanhamento feito pelos técnicos do Parque Natural de S. Miguel, assim como pela parte de muitos visitantes, os quais, através de plataformas digitais como o TripAdvisor, conferiram por 2 anos consecutivos o Certificado de Excelência à Caldeira Velha.

O que os ribeiragrandenses esperam é saber por que motivo o Governo Regional continua a ignorar estruturas tão importantes para o Turismo no concelho da R. Grande, como por exemplo o Porto de Santa Iria ou a estrada de acesso às Caldeiras da Ribeira Grande. Estas intervenções (há anos reivindicadas), da responsabilidade do Governo de Vasco Cordeiro, é que são prioritárias para melhorarmos a qualidade de oferta turística no concelho e, por conseguinte, na Região.

A Comissão Política Concelhia da Ribeira Grande