Carlos Ferreira quer valorizar todas as freguesias do Faial
Publicado em 05 de Setembro, 2017

O candidato à Câmara Municipal da Horta pela coligação Acreditar no Faial quer “aprofundar a ligação com as Juntas de Freguesia, dignificar o seu papel e trabalhar afincadamente para resolver os problemas das populações e melhorar a qualidade de vida em cada uma das nossas freguesias”.

Carlos Ferreira destacou a importância das freguesias enquanto pedra basilar do poder local, o mais próximo dos cidadãos.

“Connosco, nenhum Presidente de Junta será proibido de entrar nas instalações municipais”, afiançou Carlos Ferreira, remetendo para a proibição de entrada do Presidente da Junta de Freguesia da Praia do Norte no centro de resíduos, decretada pela Câmara Municipal da Horta.

No convívio de apresentação dos cabeças de lista às 13 freguesias do Faial, Carlos Ferreira classificou os candidatos e as suas equipas como “um orgulho para a candidatura”, fazendo questão de lhes transmitir uma palavra de estímulo para “as conquistas que têm pela frente, por cada uma das nossas freguesias e pela nossa ilha”, declarou.

“Connosco, todas as freguesias serão tratadas da mesma forma, e todas serão valorizadas”, garantiu Carlos Ferreira, que em modo otimista afirmou que aquela mobilização era “um ótimo sinal para o trabalho que vamos desenvolver este mês, até à vitória no dia 1 de outubro.”

Por seu turno, Estêvão Gomes, Presidente da Junta de Freguesia da Praia do Norte e n.º 2 da candidatura à Câmara Municipal, descreveu a situação em que se viu envolvido, sendo proibido pela Câmara Municipal de entrar no centro de processamento de resíduos após ter denunciado na Assembleia Municipal os graves problemas de funcionamento daquela instalação, questionando: “Se fazem isto com um presidente de junta eleito, o que não farão com um cidadão indefeso?”