Comunicado: SATA bloqueia todos os voos de 21 a 28 de agosto
Publicado em 08 de Agosto, 2017

COMUNICADO

SATA bloqueia todos os voos de 21 a 28 de agosto

 Os voos da SATA entre os dias 21 e 28 de agosto estão bloqueados. De acordo com a página da transportadora aérea açoriana na internet, o bloqueio decorre do facto de não existirem lugares disponíveis nos voos programados para este período. Ou seja, os voos estão totalmente cheios nas rotas inter-ilhas e nas rotas para fora da Região.

Existem, no entanto, informações que apontam outra causa para o facto de a SATA não estar a aceitar reservas na sua página online para os voos entre 21 e 28 de agosto e que se prendem com a possibilidade de ser convocada uma greve para este período, desconhecendo-se, para já, por que classe profissional da aviação.

A hipótese de paralisação da SATA é uma notícia desastrosa com impacto gigantesco na transportadora, nos açorianos, nos turistas e na imagem da Região com destino turístico.

A confirmar-se este bloqueio, os açorianos residentes em ilhas sem ligação direta para fora da Região ficarão impossibilitados de sair das suas ilhas e um turista que tinha programado visitar mais do que uma ilha, recorrendo, para tal, aos voos inter-ilhas da SATA vê-se condicionado na sua mobilidade interna.

O PSD/Açores condena, categoricamente, a nublosa que paira sobre todo este bloqueio e a atitude do Conselho de Administração do Grupo SATA e do Presidente do Governo Regional dos Açores de não esclarecer a opinião pública sobre os reais motivos que levam a que, neste momento, todos os voos da companhia estejam bloqueados naquele período.

A Administração da SATA e o Governo Regional não podem fazer da falta de informação sobre a companhia uma ferramenta essencial de uma gestão que se está a revelar danosa, tendo em conta o caos que se vive na transportadora pública desde as últimas semanas.

Exige-se que tanto a SATA como o Presidente do Governo Regional dos Açores esclareçam de forma séria e rigorosa o que está efetivamente em causa para que a companhia tenha bloqueado novas reservas nos seus voos entre os dias 21 e 28 de agosto.