Comunicado: SATA Air Açores é prioritária para a coesão na Região
Publicado em 30 de Agosto, 2017

O grupo parlamentar do PSD/Açores reuniu nas ilhas das Flores e Corvo em jornadas parlamentares dedicadas à Coesão Económica e Social.

A coesão é um problema profundo que, infelizmente, se intensifica em várias parcelas da nossa Região, assumindo particular gravidade nas ilhas mais periféricas e frágeis como as Flores e Corvo.

Durante os três dias de trabalho, os deputados do PSD/Açores visitaram instituições, reuniram com empresários e falaram diretamente com muitos cidadãos.

Todos eles referiram como problema maior os constrangimentos nas ligações aéreas às Flores e ao Corvo, constrangimentos esses que se fizeram sentir de forma particularmente danosa nos últimos meses.

O grupo parlamentar do PSD/Açores registou, com preocupação, os crescentes obstáculos no que respeita à mobilidade dos açorianos e de quem nos visita.

Neste quadro, o grupo parlamentar do PSD/Açores considera que a SATA Air Açores, por ser a companhia mais importante para todas as ilhas e para todos os açorianos — na medida em que detém a exclusividade na ligação aérea entre todas as ilhas do arquipélago — deve ser alvo de uma prioridade na reflexão determinada e consequente por parte do poder político.

O grupo parlamentar do PSD/Açores, no quadro das soluções que o partido tem vindo a defender publicamente para as empresas do Grupo SATA, reitera o apelo a um entendimento entre o Conselho de Administração da SATA e os Sindicatos que representam os seus trabalhadores para que sejam evitadas greves.

O grupo parlamentar do PSD/Açores considera que o Governo deve regularizar de imediato todas as suas dívidas ao Grupo SATA, cujo montante ascende a cerca de 50 milhões de euros o que, além de criar sérios problemas de tesouraria que comprometem o normal funcionamento da empresa, atingem também empresas regionais fornecedoras da SATA, algumas aguardando há quase um ano pelo pagamento destas dívidas.

O grupo parlamentar do PSD/Açores apoiará uma alteração orçamental já no plenário de setembro para resolver este problema, lembrando que esta iniciativa cabe apenas e só ao Governo Regional.

O grupo parlamentar do PSD/Açores considera que salvar a SATA Air Açores deve ser a prioridade das prioridades por ser esta que mais serve e importa a todos os açorianos.

A SATA Air Açores deve restabelecer-se e consolidar-se como a transportadora aérea açoriana capaz de responder às exigências da coesão da Região e aos novos desafios do turismo e do mercado interno açoriano.

A Sata Air Açores, que assegura as ligações inter-ilhas, presta um serviço público essencial, com um património histórico de 75 anos.

Qualquer solução deve passar sempre e de forma exclusiva, pela sua manutenção como empresa pública, assegurando uma função estratégica nos Açores e para os Açorianos.

O grupo parlamentar do PSD/Açores considera essencial, prioritário e urgente quanto à SATA Air Açores.

Primeiro: Consolidar a sua situação financeira com o reforço dos seus capitais públicos que permita a sua estabilidade e sustentabilidade económica e financeira, sujeitando, se necessário, o processo às regras europeias com pedido de autorização à Comissão Europeia.

Segundo: Adequar a sua frota e a sua capacidade operacional às necessidades atuais e futuras, promovendo a acessibilidade interna dos açorianos, a preços mais acessíveis e em melhores condições garantindo, também, a dos turistas que nos visitam, o mercado interno e a coesão entre as várias Ilhas;

Terceiro: Garantir uma administração profissional, competente, independente de interesses partidários, conhecedora do setor e tecnicamente reconhecida pelos seus trabalhadores;

Quarto: Separar de forma clara e institucional, a atividade da SATA Internacional – Azores Airlines da SATA Air Açores, evitando o contágio de riscos eventuais.

Por último, renovamos a nossa disponibilidade responsável para colaborar em qualquer solução que tenha como principal e único objetivo a salvaguarda da companhia área dos Açores e dos açorianos.