A nossa vida – Opinião de Hermano Aguiar
Publicado em 26 de Setembro, 2016

Um estudo da OCDE – organização que agrupa 34 países do mundo desenvolvido – de junho último, intitulado “How is life in the Azores”, classifica os diversos aspetos da nossa sociedade, numa escala de 1 a 10, do seguinte modo: participação cívica: 0,0; Educação: 0,1; Saúde: 1,0; Emprego: 3,5; Rendimento: 3,7; Habitação: 5,0; Ambiente: 9,3; Segurança: 9,5.

Comparando os Açores com as outras regiões dos 37 países membros, na participação cívica e na Educação estamos nos últimos 5%; na Saúde, nos últimos 7% e no Emprego, nos últimos 12%.

Só estamos bem naquilo que não depende do governo: na Natureza com que Deus nos abençoou e na Segurança que tanto mar e tanta distância nos garante.

As eleições são o momento para os açorianos avaliarem o desempenho do governo e do Partido Socialista à frente dos destinos da Região há 20 anos.

O estudo da OCDE é elucidativo de como os Açores e os açorianos se encontram. E diz-nos que está na altura de mudar as políticas e o paradigma de desenvolvimento económico para criar mais emprego, combater a pobreza, ter uma melhor Saúde e uma Educação de sucesso. Para que todos os açorianos, mas todos, possam gozar a Natureza que Deus nos deu, em Segurança.