Ricardo Rodrigues “já está confuso com tantos cargos”
Publicado em 03 de Março, 2016

O PSD de Vila Franca do Campo considerou que o presidente da autarquia, Ricardo Rodrigues, “já está confuso com tantos cargos”, lembrando que, na recente apresentação do Centro Intergeracional de Ponta Garça, o autarca “começou o seu discurso como Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo e o finalizou, em consonância com o Presidente do Governo Regional, a dizer que se estava a cumprir uma promessa feita pelos dois naquele mesmo salão, para aquela freguesia”, afirmou a presidente da concelhia, Sabrina Coutinho Furtado.

“Mas desde quando é que as Santas Casas da Misericórdia fazem ou cumprem promessas eleitorais?”, questiona a social-democrata, que não deixou de realçar a obra estrutural e, “na opinião do PSD, muito importante para a freguesia de Ponta Garça, há tanto tempo esquecida pelos executivos”.

Sabrina Coutinho Furtado realça que “o mais importante é que o Centro Intergeracional vai ser feito, para servir a população”, mas sugere que “o senhor Presidente da Câmara, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo, Presidente da Associação de Municípios da Ilha de São Miguel, Presidente da MUSAMI e, ao que parece, candidato ao Conselho de Ilha de São Miguel, não se desconcentre das suas funções como Presidente de Câmara”.

“Primeiro porque foi para esse cargo que Vila Franca do Campo o elegeu. Depois porque, em breve, nem o Dr. Ricardo Rodrigues saberá onde começa a Câmara Municipal e termina a Santa Casa, nem a ilha de São Miguel vai saber onde começam uns concelhos e terminam outros”, sublinha.

A presidente do PSD local não esquece que a obra em causa, “necessária e há muito esperada, tem destinados 700 mil euros do Plano e Orçamento da Região, tendo sido agora apresentada a sua primeira fase, que já está a concurso público, e anunciado um investimento global de 2 milhões de euros”.

Mas atenta para “as duas fases da obra. Uma em 2016 e outra em 2017. A que correspondem as eleições Regionais de 2016 e as eleições Autárquicas de 2017”, daí que “o presidente do governo, Vasco Cordeiro, tenha feito um discurso que mais parecia a abertura da pré-campanha para as eleições regionais”.

Sabrina Coutinho Furtado reforça que o Centro Intergeracional de Ponta Garça “é uma obra da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo, com uma utilidade inegável para a população, que foi apresentada pelo Senhor Provedor, Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Presidente da Associação de Municípios da Ilha de São Miguel, Presidente da MUSAMI e ao que parece, candidato a Presidente do Conselho de Ilha de São Miguel, Dr. Ricardo Rodrigues. É preciso que esta confusão entre tantos cargos termine”, concluiu.