PSD/Açores prepara programa de governo com “equipa de excelência”
Publicado em 08 de Março, 2016

O presidente do PSD/Açores destacou a “excelência” das personalidades que compõem o grupo de trabalho que vai elaborar o programa de governo do partido, alegando que têm “provas dadas e um registo de contributos relevantes para a comunidade”.

“Estamos perante uma equipa de excelência, com provas dadas e um registo de contributos relevantes para a comunidade, em diferentes áreas; uma equipa que reúne competências internas, do partido, e capacidades da sociedade civil”, afirmou Duarte Freitas, em declarações aos jornalistas, à margem da primeira reunião do referido grupo de trabalho.

O líder dos social-democratas açorianos salientou que o programa de governo que o partido vai apresentar aos eleitores “será um seguimento do que temos estado a construir: um caminho de renovação, que começou no meu partido, no PSD, com um processo de renovação e com a abertura à sociedade”.

“As propostas que vamos apresentar pretendem cumprir o objetivo de dar resposta aos problemas da população e combater as desigualdades que se agravaram nestes 20 anos de regime socialista”, sublinhou.

O escritor e jornalista Joel Neto vai coordenar o grupo de trabalho responsável pela elaboração do programa de governo do PSD/Açores,

A equipa é composta por Luís Maurício, vice-presidente do partido e especialista na área da Saúde; Joaquim Bastos e Silva, que tem experiência governativa nas Finanças e experiência empresarial; Ana Margarida Furtado, que tem um conhecimento amplo da área social; o gestor António Neto Viveiros; Carlos Bessa, um homem da cultura; o professor universitário Carlos Amaral, que tem estudado de forma aprofundada as questões relacionadas com a Autonomia; Francisco Simões, investigador na área da Educação; Catarina Furtado, que traz ao grupo o seu trabalho no Ambiente e Energia; e o economista Octávio Torres, que tem um conhecimento muito próximo do setor agrícola.

O presidente do PSD/Açores recordou que a elaboração do programa de governo do partido “é um processo participativo, iniciado já em 2013”, através da audição de “milhares de pessoas, em todas as nove ilhas, em reuniões de trabalho e em encontros com a população”, bem como com a contribuição do Conselho Consultivo de Independentes, “que fez um trabalho muitíssimo importante, participado por mais de uma centena de especialistas”.

“Todo este trabalho vai continuar. Vamos continuar a recolher os contributos das estruturas do PSD/Açores, de cada concelhia, de cada ilha; mas também da sociedade, das açorianas e dos açorianos, de todos os que estão dispostos a participar na construção do futuro. Este grupo de trabalho vai consolidar todos os contributos, que serão estudados e enquadrados, tendo como fim em vista a elaboração do programa de governo”, afirmou Duarte Freitas.