Descida no preço do leite é “tragédia” para economia da Terceira
Publicado em 01 de Março, 2016

O PSD/Açores considerou que o anúncio de uma nova descida no preço do leite na Terceira, “acompanhado de restrições à produção, constitui mais um violento abalo na cada vez mais frágil economia da segunda ilha mais populosa da Região”, disse o deputado Luís Rendeiro.

“Estamos perante a maior tragédia dos últimos dez anos, naquele que é o setor que gera mais riqueza na ilha, que passa a ser aquela em que o preço base pago por litro de leite é o mais baixo da Região, e onde deixa de ser possível aumentar a produção para compensar a perda de rendimentos do leite”, avançou o social-democrata.

“O PSD/Açores está muito preocupado com esta situação e está ao lado dos agricultores terceirenses na sua luta contra a constante perda de rendimentos a que têm estado sujeitos”, afirmou Luís Rendeiro.

O deputado adiantou que, “dada a extrema gravidade da situação que caiu sobre a lavoura terceirense, o PSD/Açores tem de exigir responsabilidades e medidas ao Governo Regional dos Açores”.

“Foi este governo que garantiu que a Região e a sua lavoura estavam preparadas para o fim do regime de quotas leiteiras e foi este governo que prometeu à ilha Terceira um conjunto de medidas de revitalização da sua economia. Onde estão essas medidas? Onde estão os resultados?”, questiona Luís Rendeiro.

O deputado alerta ainda que a situação de crise no sector leiteiro da Terceira “poderá constituir a machadada final na economia local, porque o que temos em mãos não é um problema de um sector, mas sim um colossal problema de toda uma ilha”.

“Perante um problema desta dimensão, o Governo Regional não pode abandonar os terceirenses à sua sorte. Chegou a hora de assumir responsabilidades e de agir de imediato”, concluiu Luís Rendeiro.