PSD/Açores quer garantir sustentabilidade e rendimentos da Pesca
Publicado em 17 de Fevereiro, 2016

O PSD/Açores quer ver garantidas, “a sustentabilidade e os rendimentos do setor das pescas”, tendo o seu grupo parlamentar apresentado uma iniciativa legislativa que visa minimizar “os problemas relacionados com a sustentabilidade dos recursos piscícolas na Região, que são cada vez mais notórios e preocupantes”, disse o deputado Luís Garcia.

O social-democrata falava após uma reunião com Associação de Produtores de Espécies Demersais dos Açores (APEDA), na cidade da Horta, onde frisou que os problemas de sustentabilidade se colocam, com maior ênfase, “ao nível das principais espécies demersais costeiras, de grande relevância no rendimento do setor. Já que algumas correm sérios riscos de esgotamento se não forem tomadas medidas urgentes”.

“Defendemos que a Região adote, em parceria com o setor e com a Universidade dos Açores, medidas para gerir melhor os recursos disponíveis e, sobretudo, para procurar a sua recuperação e sustentabilidade, garantindo o futuro de uma atividade de grande importância económica e social para os Açores”, avançou Luís Garcia.

Do mesmo modo, os social-democratas preconizam que se “definam e accionem mecanismos adequados para compensar os pescadores pelas perdas de rendimentos derivadas do período de defeso para a pesca do Goraz”.

“Estamos perante um problema económico, social e ambiental de grande dimensão, que afeta o setor das pescas nos Açores e que tem de ser reconhecido. A solução é complexa, mas importa agir com urgência”, disse.

Luís Garcia salientou que “os alertas para estas situações vêm de cientistas da Universidade dos Açores e do próprio setor, designadamente de algumas associações que reivindicam medidas para recuperar os stocks desses recursos”.

O social-democrata referiu ainda que “a generalidade do setor não está contra a adoção de medidas de salvaguarda para a sustentabilidade das espécies, apenas reivindica uma compensação pelas eventuais quebras de rendimento. E é nesse sentido que também se enquadra a nossa iniciativa”, concluiu.