Acumulação de algas no porto da Madalena continua por resolver
Publicado em 14 de Janeiro, 2016

O PSD/Açores pediu informações ao Governo Regional sobre “as medidas que serão tomadas para resolver, de uma vez por todas, o problema da acumulação de algas no Porto da Madalena (Pico), uma situação recorrente e que se mantém há mais de três meses”, disse o deputado Cláudio Lopes.

Segundo o social-democrata, que entregou um requerimento na Assembleia Legislativa no sentido de serem fornecidas diversas informações, “a situação é um péssimo cartaz da ilha do Pico, pois provoca cheiros nauseabundos, dada a putrefação das referidas algas, o que prejudica a qualidade de vida dos residentes, as atividades comerciais e os serviços públicos daquela infraestrutura portuária”.

Cláudio Lopes pretende que o executivo se pronuncie sobre “as soluções encontradas para o problema, devendo também identificar as causas da ocorrência”.

“Afinal, esta situação já ocorreu no ano passado, e após um investimento de mais de 20 milhões de euros, realizado pelo Governo Regional naquele porto”, explica.

“A tutela deve esclarecer como poderá ser evitada esta situação no futuro, e que medidas serão implementadas nesse sentido”, mesmo “tem sido levadas a cabo diligências por entidades públicas, com destaque para a Câmara Municipal da Madalena e alguns serviços governamentais”, acrescenta.

Cláudio Lopes quer ainda saber se já foram efetuadas “medições dos níveis de gases sulfurosos presentes na zona, de modo a averiguar a eventual perigosidade para a população. Afinal, trata-se de poluição visível e que urge monitorizar”.