Atraso no centro de resíduos de Santa Maria reflete “incapacidade” do governo regional
Publicado em 22 de Janeiro, 2016

O PSD/Açores considerou que o processo de construção do Centro de Processamento de Resíduos da ilha de Santa Maria “é o espelho da incapacidade do Governo Regional dos Açores para implementar o plano regional de gestão de resíduos”, disse o deputado Paulo Parece.

O social-democrata lembra que, “desde março de 2012 que os marienses esperam pela prometida construção daquela infra-estrutura, anunciada por Álamo Meneses, à altura Secretário Regional do Ambiente, como estando pronta em seis meses”.

“Desde então, tudo serviu de razão para justificar os atrasos e paragens na obra, desde a falta de betão, à insolvência do empreiteiro. O que revela que todo o processo foi mal planeado e pior conduzido”, adianta o parlamentar.

Segundo Paulo Parece, a não conclusão da obra do Centro de Processamento de Resíduos, “está a atrasar o processo de selagem do aterro sanitário, cuja capacidade há muito se encontra esgotada. O que já motivou, em fevereiro de 2014, uma advertência da Comissão Europeia pela má gestão de resíduos em Santa Maria, bem como uma ameaça de recurso da Comissão para o Tribunal de Justiça da União Europeia se nada fosse feito”.

O social-democrata lembra que, “o Director Regional do Ambiente, Hernâni Jorge, assegurou que até aos primeiros dias de agosto (2014), estaria em condições de encerrar o aterro sanitário, com a conclusão das obras do Centro de Processamento de Resíduos da ilha. De novo, o prometido não foi cumprido”, afirma.

Paulo Parece defende que, “como as restantes ilhas dos Açores, Santa Maria precisa de um governo que saiba planear e que saiba cumprir. O regime socialista de 20 anos tem demonstrado demasiadas vezes que planeia mal, e que cumpre tarde, sempre com derrapagens nos custos”.

“Não é por falta de tempo, nem de dinheiro, que Santa Maria ainda não tem resolvido o problema dos seus lixos e resíduos, bem como a selagem da lixeira”, referiu o parlamentar, que frisou ainda “a não facilitação da visita dos deputados do PSD/Açores, por parte do Governo Regional, à obra de construção do Centro de Processamento de Resíduos de Santa Maria. O que só evidencia que o executivo continua a querer esconder um problema que tarda em se solucionar”.

Paulo Parece acrescenta que, “já passou demasiado tempo. pelo que se exige ao governo que governe. Os Açores não precisam de um governo que se atrapalhe e seja incapaz de resolver os problemas de Santa Maria e das restantes ilhas da nossa Região”, concluiu.