Programa do Governo “sem uma palavra” sobre Base das Lajes
Publicado em 07 de Dezembro, 2015

O PSD/Terceira criticou o Governo da República pela omissão do Programa do Governo em relação à Base das Lajes. “É um programa totalmente omisso nessa temática. Nem uma palavra, muito menos um compromisso assumido”, disse o presidente da comissão política de ilha, António Ventura.

O social-democrata, que falava em conferência de imprensa, mostrou “grande preocupação, ao constatar-se que o Programa do Governo da República tece apenas generalidades sobre os Açores”.

“E, estranhamente, nem se refere à Base das Lajes, uma matéria de interesse nacional e regional, sobretudo pelo relacionamento entre Portugal e os Estados Unidos da América (EUA), e ainda mais pela influência social e económica na Ilha Terceira”, afirmou.

“Estamos em crer, que o Governo omitiu a temática do seu Programa para não incomodar os seus parceiros de coligação, o BE e o PCP, que sempre foram contra a presença de forças militares dos Estados Unidos na Base das Lajes e a sua consequente utilização pela NATO”, disse António Ventura.

O presidente do PSD/Terceira referiu que a omissão “é tão mais grave por ocorrer num momento em que os EUA começam a dar sinais que querer encontrar novas potencialidades para aquela infraestrutura, onde esta semana decorre a próxima reunião bilateral, agendada desde junho do corrente ano”, recordou.

“Fica claro que são o BE e PCP a comandar esta coligação à esquerda. Os portugueses e, em especial, os açorianos têm motivos para estarem apreensivos com este Governo”, frisou António Ventura.

As críticas estenderam-se ao Governo Regional, por “fazer de conta que não se passa nada, pois é cúmplice com o seu silêncio. Um Governo Regional que, nos últimos quatro anos, foi tão rápido a criticar e a responsabilizar o Governo da República por tudo que acontecia de mal na Região”, disse o social-democrata.

“Bastou a mudança de cor política em Lisboa, para o Governo Regional mudar de atitude, colocando os interesses do PS acima dos interesses dos Açores”, acrescentou.

António Ventura não deixou de enaltecer o empenho do presidente do PSD/Açores em todo este processo: “Duarte Freitas está no terreno e, ainda nestes dias, estabeleceu uma ronda de contactos nos Estados Unidos onde incluiu, naturalmente e de forma destacada, a Base das Lajes”.

“O presidente do PSD/Açores mantém proximidade com personalidades do Congresso Norte-Americano, e tem sensibilizado parceiros e ganho aliados para esta causa açoriana, num trabalho politico que já deu e continuará a dar resultados”, concluiu.