Governo regional deixa “tudo por fazer” no tratamento de lixos em São Miguel
Publicado em 05 de Dezembro, 2015

O PSD/Açores considerou que “tudo está por fazer” na gestão e tratamento de lixos e resíduos na ilha de São Miguel, dado que as infraestruturas prometidas pelo governo regional “não estão prontas”.

“O governo regional gosta muito de falar em números, mas a realidade é que enquanto enche a boca com a valorização ambiental nenhuma das lixeiras da Região está selada. E na ilha de São Miguel, onde são produzidos mais de metade dos lixos e resíduos dos Açores, tudo está por fazer”, afirmou o deputado social-democrata Luís Rendeiro, após uma reunião da comissão de Assuntos Parlamentares, Ambiente e Trabalho.

O parlamentar do PSD/Açores salientou que “nenhuma das infraestruturas previstas no Plano Estratégico de Gestão de Resíduos dos Açores para a ilha de São Miguel está pronta e a maioria ainda nem passou do papel”.

“Os açorianos precisam de um governo que trabalhe. Não precisam de um governo que se atrase e continue a arranjar desculpas, tanto na área do tratamento de lixos e resíduos, como nas outras áreas de governação”, frisou.

Luís Rendeiro lembrou ainda que Plano Estratégico de Gestão de Resíduos dos Açores “devia estar implementado desde o ano de 2013”.